Qual o melhor site para vender milhas?

Melhor site para vender milhas
Descubra qual o melhor site para vender milhas

O mercado de pontos e programas de fidelidade cresceu muito nos últimos anos. Um dos indicadores dessa expansão é o aumento no interesse das pessoas pela comercialização desses benefícios. Seja para gerar uma renda extra ou simplesmente economizar nas viagens. Por muito tempo se acreditou que vender milhas era uma cilada. Entretanto, quem nos acompanha por aqui com certeza já sabe que essa é uma das melhores maneiras de usar as suas milhas e fazer renda extra.

Contudo, ainda existem muitas dúvidas sobre o assunto e uma das maiores, certamente, é com relação ao melhor site para vender milhas. Sabemos que escolher uma plataforma para comercializar os seus pontos é um passo muito importante, afinal, uma escolha errada pode causar dores de cabeças enormes. 

Por isso, neste post elaboramos uma análise dos principais sites de venda de milhas. Vamos contar como cada um deles funciona, as suas vantagens, desvantagens e ainda trazer uma cotação atual de cada um. Além disso, você vai saber o que é preciso considerar na hora de tomar a decisão. 

Se interessou e quer aprender? Então venha com a gente e confira agora mesmo!

Como funcionam os sites para vender milhas? 

O primeiro passo para escolher o melhor site para vender milhas é entender como essas plataformas funcionam. De maneira geral, existem dois tipos de empresa: as que fazem a intermediação entre vendedores e compradores e aquelas que compram as milhas aéreas de forma direta. 

No primeiro caso, a plataforma é semelhante a um marketplace. Ou seja, o indivíduo faz o seu cadastro e oferece as suas milhas por um determinado valor. Assim, quando um comprador aceita a oferta, fecha-se o negócio. Nesse caso, a interferência da empresa mediadora é muito pouca. Ela apenas cuida da segurança das transações e estabelece alguns limites de preço

Por outro lado, existem plataformas que compram as milhas. Nesse caso, quem deseja vender recebe uma oferta do site. Caso aceite, as milhas são compradas pela própria empresa. Ou seja, você não precisa esperar que um comprador feche negócio, pois o próprio site compra os seus pontos e vai repassá-los a terceiros. 

Como funcionam os sites de venda de milhas

Assim, entender a diferença na mecânica dessas plataformas é muito importante. Pois, em ambos os casos há pontos negativos e positivos. Por exemplo, nos sites que realizam apenas a intermediação entre compradores e vendedores você pode estabelecer um preço de venda

Desde que esteja dentro da cotação do site, é possível pedir o valor máximo. Nesse caso, você tem a chance de vender as suas milhas pelo maior preço possível. Entretanto, dependendo do custo, corre o risco de demorar muito para conseguir fechar negócio. 

Por outro lado, quando optamos por uma plataforma que compra os pontos diretamente, são eles quem determinam o valor do milheiro. Ou seja, na maioria das vezes a oferta fica abaixo do preço máximo, mesmo com a certeza de que vai conseguir vender as milhas. No entanto, para potencializar o lucro com o seu milheiro, clique aqui

Continue aprendendo sobre o mundo das milhas:

A comercialização de milhas é legal?

Uma das maiores dúvidas (se não a maior) que surgem quando falamos em vender milhas é sobre a legalidade da transação. Infelizmente muitas informações falsas circulam na internet fazendo com que vários milheiros deixem de ganhar dinheiro através do seu saldo de pontos.

Contudo, até então, não existe regulamentação no Brasil acerca da comercialização de milhas. Portanto, não é ilegal ralizar a sua compra e venda. Apesar de existirem alguns projetos de lei acerca do assunto, nada é certo ainda. Sendo assim, você pode, tranquilamente, comercializar os seus pontos sem cometer nenhum ato ilícito. 

Além disso, devemos lembrar que, por não existir regulamentação legal, também não há fiscalização por parte dos órgãos oficiais. Por isso, para evitar golpes e fraudes, é extremamente importante escolher uma plataforma confiável e segura na hora de comprar ou vender os seus pontos.

Inclusive, você sabia que, no Brasil, as milhas não podem ser herdadas? Clique aqui e descubra tudo sobre a sucessão de pontos.

É realmente seguro vender milhas?

Você já viu que a comercialização de milhas não infringe nenhuma Lei do nosso ordenamento jurídico.Entretanto, muitas pessoas ainda se perguntam se realmente é seguro realizar este tipo de transação. 

E, em regra, a resposta é sim. Não existe nenhum perigo intrínseco à compra e venda de milhas. Entretanto, o que pode acontecer é a existência de sites e plataformas fraudulentas, que usam a comercialização dos pontos como fachada para atrair pessoas e cometer crimes virtuais. Por isso, o ideal é estar sempre atento e  só realizar a comercialização através de plataformas confiáveis. 

Portanto, se você quer descobrir quais são os melhores sites de confiança para vender as suas milhas, continue por aqui e confira!

Vale a pena vender milhas?

Antes de tudo, devemos lembrar que a venda das milhas deve acontecer de forma estratégica. Por aqui sempre falamos que você deve vender os seus pontos na oportunidade e não na necessidade. Isso significa que o ideal é aguardar promoções, ofertas ou situações onde as suas milhas valem mais dinheiro. 

Sair por aí vendendo ou resgatando pontos só por fazer te faz perder dinheiro! Acumular pontos exige educação financeira, disciplina e estratégia. Por isso, esteja atento às promoções e realize cotações periodicamente. 

O que levar em consideração ao escolher o melhor site para vender milhas?

Agora que você já viu tudo sobre o processo de comercialização dos pontos, existem alguns detalhes que não podem ser ignorados quando pensamos no melhor site para vender milhas. O primeiro deles é a cotação. Como sabemos, cada plataforma tem os seus parâmetros para definir o valor de venda deste ativo. Por isso, o valor dos pontos de um determinado programa pode ser diferente em todas as plataformas. 

Assim, como a nossa intenção é ter lucro nessas operações, esse é um ponto crucial para a escolha do melhor site para vender milhas. Por outro lado, o preço deve vir acompanhado de outros fatores, como por exemplo, segurança. Um dos maiores medos de quem não tem experiência nesse mercado é acabar perdendo os pontos. 

Veja o que considerar para escolher o melhor site para vender milhas

Vender milhas é uma operação que exige muita confiança. Por isso, antes de realizá-la você deve fazer uma pesquisa a respeito da plataforma. Verifique se ela possui CNPJ, endereço fixo e número de telefone. Da mesma forma, procure na internet avaliações sobre a empresa. Além disso, veja o que as pessoas que já utilizaram o site dizem sobre ele. 

Por fim, é interessante que você faça as seguintes perguntas: De quais programas o site compra milhas? Qual a forma de pagamento? Quanto tempo vai levar para receber o dinheiro da venda? Todas as regras estão claras? A plataforma tem um bom serviço de atendimento para situações de dúvidas e eventuais problemas? 

Neste vídeo, Marcus do Império ensina o passo a passo para vender milhas de forma prática, confira!

Quais são as principais plataformas para vender milhas? 

Felizmente, aqui no Brasil temos cada vez mais opções de site para vender milhas. Contudo, cada um deles tem as suas particularidades. Assim, para escolher o melhor, separamos aqui as três principais plataformas de compra e venda de pontos do país. Veremos como cada uma delas funciona. 

MaxMilhas

Fundada em 2013, a MaxMilhas é uma das pioneiras no mercado de compra e venda de pontos aqui no Brasil. A empresa trabalha com a intermediação entre vendedores e compradores e também emite passagens com milhas para quem deseja economizar nas viagens. Atualmente, é possível negociar milhas dos principais programas de fidelidade do país. 

Além de poder vender milhas do Miles&Go (TAP) e SkyMiles (Delta). Na MaxMilhas os clientes podem optar por duas modalidades de venda, a convencional e a rápida. No primeiro caso, você determina o preço dos seus pontos e concretiza o negócio ao encontrar um comprador. 

No caso da venda rápida você informa quantas milhas deseja vender e a plataforma oferece um preço e garante prioridade para realização do negócio. Assim, o site conta com algumas regras para a comercialização de pontos. Dessa forma, só é possível vender milhas com até 6 meses de validade. 

Além disso, pode acontecer de que os seus pontos sejam vendidos de forma fracionada. Ou seja, suponha que você queira vender 50 mil milhas, mas só encontrou comprador para 20 mil. Nesse caso, a plataforma vai vender as 20 mil e você deverá fazer uma nova oferta para os pontos que sobraram. Por fim, o pagamento é creditado na sua conta em até 33 dias após a emissão das passagens. 

Veja abaixo o preço médio da venda de milhas no site:

Cotações realizadas em 10/01/2023

Veja outros artigos sobre venda de milhas:

HotMilhas

A HotMilhas já atua no mercado há mais de 10 anos. Assim, a empresa trabalha comprando milhas diretamente do cliente e depois repassando para terceiros. Na plataforma é possível vender pontos dos principais programas de fidelidade do Brasil: LATAM Pass, Smiles e TudoAzul. Além disso, o site oferece um preço diferenciado para clientes LATAM das categorias Platinum e Black. 

No site da HotMilhas cada programa de fidelidade exige uma quantidade mínima de milhas e também tem um limite deste benefício que pode ser comercializado em cada operação. Já com relação ao pagamento, é a plataforma quem estabelece o preço a ser pago de acordo com o total de pontos, cotação do dia e companhia aérea. 

Assim, os lotes mínimos e máximos para comercializar pontos no site são os seguintes: 

  • Latam Pass: mínimo de 20 mil e máximo de 700 mil milhas;
  • Latam Platinum/Black: mínimo de 20 mil e máximo de 700 mil milhas;
  • TudoAzul: mínimo de 12 mil e máximo 360 mil milhas;
  • Smiles: mínimo de 50 mil e máximo de 700 mil milhas.

Diferente do que acontece na MaxMilhas, a HotMilhas trabalha com duas formas de pagamento: antecipado ou agendado. Na primeira opção, o vendedor recebe o dinheiro em até 1 dia útil após a confirmação da venda. Já no segundo caso o pagamento é feito em até 45 dias, de acordo com a escolha de quem vendeu os pontos. 

Geralmente, quem opta pelo pagamento antecipado acaba recebendo um valor menor pelas milhas. Assim, é bem importante avaliar qual a sua intenção antes de escolher uma das formas de pagamento da HotMilhas. Por fim, a plataforma permite que as milhas comercializadas tenham validade de até 30 dias. 

Confira o preço médio da venda de milhas na plataforma:

Cotações realizadas em 10/01/2023

Bank Milhas

A Bank Milhas é uma empresa especializada na compra de milhas tanto de pessoa física quanto jurídica. A marca faz parte do grupo Sky Milhas que já atua nesse mercado há mais de 10 anos. Assim, é possível vender pontos dos principais programas de fidelidade do Brasil, por meio dessa plataforma. 

Nessa plataforma a comercialização de milhas acontece apenas por cotação. Ou seja, os vendedores não podem estipular um valor para a comercialização desses pontos, como acontece na MaxMilhas, por exemplo. Além disso, são estabelecidos lotes mínimos e máximos para a venda de milhas de acordo com cada programa. Confira.

  • Latam Pass: mínimo de 15 mil e máximo de 700 mil milhas;
  • Latam Red/Platinum/Black: mínimo de 25 mil e máximo de 500 mil milhas;
  • TudoAzul: mínimo de 10 mil e máximo 100 mil milhas;
  • Smiles: mínimo de 11 mil e máximo de 700 mil milhas; 
  • Smiles Diamante: mínimo de 35 mil e máximo 350 mil milhas;
  • TAP Miles&Go: mínimo de 79 mil e máximo de 711 mil milhas. 

Em contrapartida, é possível receber o pagamento de maneira antecipada, sem diferença do valor. No ano de 2019 a Bank Milhas teve uma excelente avaliação no Reclame Aqui. Nesse período a nota da empresa foi de 8.1 o que é considerado ótimo. Contudo, o site da empresa tem poucas informações a respeito do processo de comercialização das milhas.

Para descobrirmos mais informações foi necessário simular o processo de cotação. Embora não seja uma coisa de outro mundo, não podemos negar que as plataformas que deixam as regras claras desde o começo, acabam ganhando a nossa atenção. 

Veja a seguir o preço médio da venda de milhas na Bank Milhas:

Cotações realizadas em 10/01/2023

Veredito: qual o melhor site para vender milhas?

Como vimos, atualmente temos três grandes plataformas para negociar pontos. Dito isso, vale ressaltar que todos os sites que citamos aqui tem pontos positivos e pontos negativos. Começando pela MaxMilhas, a empresa oferece aos seus clientes duas modalidades de venda. Ou seja, você pode optar pela a que mais se adequa a sua necessidade de acordo com o momento. 

Na nossa avaliação a HotMilhas é o melhor site para vender milhas

Além disso, é possível comercializar lotes de no mínimo 3.500 milhas. No acumulado de 12 meses, a nota da MaxMilhas no Reclame Aqui é 8.7, o que não é nada mal. 

Confira outros conteúdos que podem interessar: 

Contudo, o valor oferecido pela empresa para a venda de milhas é inferior ao de outras plataformas, como por exemplo, a HotMilhas. Esta empresa, conta com um preço bem mais atrativo para quem deseja comercializar pontos.

Principalmente, quando você concorda em receber o pagamento em até 45 dias após a emissão dos bilhetes. Além disso, a Hot Milhas também tem uma avaliação de 8.7 no Reclame Aqui, o que é uma boa nota. Por outro lado, a plataforma exige no mínimo 5 mil pontos para realizar uma operação de compra e venda.

Essa exigência pode ser um empecilho para pessoas que desejam apenas se desfazer de algumas poucas milhas. Por fim, o Bank Milhas oferece o pagamento antecipado e não tem desconto no valor. Entretanto, o mínimo de milhas exigido é o mais alto dentre as três empresas analisadas e o valor pago pelas milhas é muito baixo. 

Assim, chegamos à conclusão de que, no momento, o melhor site para vender milhas é a HotMilhas. Os motivos são: melhor preço, boa reputação e facilidade em fazer negócio. Logo em seguida, temos a MaxMilhas que conta com um limite menor para venda e duas opções de comercialização. Na nossa opinião é sempre bom avaliar essas duas empresas antes de concluir uma operação.

Qual o melhor momento para vender milhas?

A resposta mais óbvia é aguardar os pontos se aproximarem da validade para, então, realizar a venda. Entretanto, esta estratégia pode ser arriscada. Muitos acumuladores decidem aguardar até o último segundo de validade das suas milhas para vendê-las e, infelizmente, acabam perdendo o prazo. Por isso, se essa é a sua estratégia, não se esqueça de acompanhar os prazos assiduamente, em especial se você acumular pontos em mais de um programa de fidelidade

Contudo, este nem sempre será o melhor momento para vender as suas milhas. Como falamos, o ideal é aguardar a oportunidade. Por isso, caso você não vá resgatar passagens aéreas durante um tempo e encontrar algum preço bom, pode valer a pena realizar a transação.

Além disso, você pode aguardar por períodos onde a procura por passagens aéreas é maior. Na alta estação, por exemplo, a demanda por bilhetes cresce consideravelmente e, consequentemente, a procura por milhas também. Sendo assim, é comum que os preços aumentem e você consiga um bom valor em troca. Portanto, esta pode ser uma boa época para vender os seus pontos.

Além disso, é importante internalizar a ideia de que as milhas não são gratuitas. Em algum momento você pagou por um serviço para tê-las. Por isso, não as troque por qualquer valor na primeira chance que aparecer.

Decidi vender as minhas milhas. E agora?

Se, após ler este artigo você, assim como nós, se convenceu de que vender pontos pode ser uma boa estratégia para ganhar dinheiro, chegou a hora de iniciar o seu planejamento. Para isso, nós recomendamos que você tenha total controle do que está acontecendo na sua vida financeira. 

Ou seja, fique atento aos prazos de validade dos seus pontos e à política interna dos seus cartões e programas de fidelidade. Isso te ajudará a ser mais assertivo e não cometer erros na hora de comercializar ou resgatar as suas milhas. 

Ainda, nós recomendamos que você busque fontes seguras para acompanhar promoções, ofertas e novidades acerca do universo das milhas. Como vocês sabem, muitos fatores podem influenciar no seu acúmulo de pontos. A oscilação do dólar, a busca por passagens aéreas, o cenário econômico nacional e muito mais. Portanto, mantenha- se atualizado através de bons portais. 

Sendo assim, não deixe de visitar periodicamente o nosso blog. Por aqui você encontra notícias diárias sobre tudo o que acontece no mundo das milhas. 

Além disso, você deve realizar cotações constantes e fazer uma análise sobre os valores para, então, decidir qual empresa está oferecendo o melhor valor pelo milheiro (mil pontos). Por fim, mas não menos importante, nós acreditamos que é indispensável fazer uma análise profunda sobre a real vantagem de vender ou não as suas milhas, afinal, como falamos, no fim das contas elas não são gratuitas e você deve tratá-las como o que realmente são: parte do seu patrimônio!

Qual o próximo passo para vender milhas? 

Encontrar o melhor site para vender milhas não é uma tarefa tão complicada. Entretanto, você precisa saber se realmente está fazendo um bom negócio quando decide comercializar os seus benefícios. Assim, para te ajudar a perder o medo de ganhar dinheiro com os seus pontos, nós criamos o curso Como Vender Milhas

Sabia que você pode fazer uma renda extra de até R$ 3.000,00 por mês? Aprenda a vender as suas milhas de forma prática e segura e comece a ganhar dinheiro. No curso Como Vender Milhas você terá acesso às melhores estratégias para comercializar pontos. Clique aqui e descubra o melhor método para ganhar dinheiro com milhas. 

Cristo Redentor: 5 Curiosidades sobre o monumento icônico Passeios em Paris: 5 opções imperdíveis Melhores praias de Maceió para conhecer em 2024 O que fazer em Maceió: melhores passeios e pontos turísticos