Como saber se o limite do cartão de crédito está de acordo com o seu perfil?

Descubra se o limite do cartão está adequado para você

Quando o assunto é limite do cartão de crédito, quanto mais, melhor; certo? Errado! Muita gente é seduzida pelos altos valores que alguns bancos oferecem para compras no plástico. Entretanto, é preciso ter muito cuidado, pois esta pode ser uma isca que nos leva a armadilhas financeiras. Aliás, você sabia que existe um limite ideal para cada pessoa? 

Se você já é leitor do nosso blog sabe que cartões são um dos nossos assuntos preferidos. Por isso, neste post vamos falar de um tema bastante importante: qual o limite de crédito ideal para cada pessoa. Você vai entender como os bancos definem esse valor e o que fazer quando ele não está adequado às suas necessidades. 

Quer descobrir qual o limite ideal para o seu cartão de crédito? Então venha com a gente! 

Como funciona o limite do cartão de crédito?

Na prática, o limite do cartão é um empréstimo. Ou seja, o banco nos fornece um crédito para realizar compras com um prazo de até 40 dias para pagar. Para ter direito a esse benefício é cobrada uma taxa que conhecemos como anuidade. Felizmente, já é possível encontrar vários produtos isentos dessa tarifa. 

Contudo, a anuidade não é a única taxa arrecada. Como já explicamos, você tem um prazo para pagar ao banco por ter utilizado o crédito. Assim, caso isso não aconteça, a instituição financeira está autorizada a cobrar multas e juros pelo atraso. Ou seja, bem parecido com o que acontece nos empréstimos e financiamentos. 

O limite do cartão de crédito é como um empréstimo
O limite do cartão de crédito é como um empréstimo

Entretanto, no caso do cartão ainda existe outro agravante. Quando extrapolamos o limite, caímos no chamado crédito rotativo. Em outras palavras, o banco passa a cobrar mais juros ainda e com porcentagens altíssimas. Mais altas do que em muitos empréstimos. 

Por outro lado, o limite do cartão é restabelecido todos os meses quando realizamos o pagamento da fatura. Além disso, esse crédito é oferecido de maneira diferente para cada cliente. Assim, enquanto algumas pessoas têm à disposição algumas dezenas de reais, outras contam com valores bem pequenos. 

Confira outros conteúdos sobre cartão de crédito: 

Como é definido o limite do cartão de crédito? 

Assim como em um empréstimo tradicional, o banco oferece a cada cliente um valor que acredita que o mesmo terá condições de arcar. Afinal, essas empresas não querem ter prejuízo com esse serviço. Dessa forma, para definir o limite do cartão são estabelecidos alguns critérios. Confira.  

Renda

Esse é um dos critérios analisados pelos bancos para determinar o limite do cartão de crédito. Especialistas em finanças pessoais afirmam que o ideal é não comprometer mais do que 30% do seu salário com gastos no plástico. Assim, muitas instituições usam essa premissa para estabelecer o crédito máximo de um cliente. 

O seu salário pode determinar o limite de crédito do cartão
O seu salário pode determinar o limite de crédito

A renda também pode ser entendida como um critério de seleção de clientes para um determinado cartão. Se você já pesquisou por esse tipo de produto, deve ter visto que muitos exigem que o solicitante comprove ganhos de um determinado valor. Dessa forma, o banco elege apenas indivíduos com capacidade financeira adequada ao plástico. 

Score de crédito

Embora a renda seja um critério importante, nos últimos anos percebemos que o histórico do consumidor tem sido mais relevante na análise do limite do cartão. Acontece que nem sempre o salário quer dizer que o indivíduo lida bem com o crédito. Assim, o score é uma informação capaz de dizer aos bancos qual limite determinado cliente merece. 

Um bom score de crédito pode aumentar ao limite do cartão
Um bom score de crédito pode aumentar o seu crédito

Basicamente, o score de crédito é uma pontuação que diz o quão confiável, do ponto de vista financeiro, uma pessoa é. Assim, para chegar a um valor, são consideradas todas transações envolvendo crédito. Ou seja, uso de cartões, contração de empréstimos e financiamentos, bem como o pagamento de contas de consumo e tributos. 

Comprometimento da renda

Por fim, as instituições financeiras analisam qual a sua renda disponível para pagar os gastos no cartão de crédito. Ou seja, você até pode conseguir comprovar que tem uma renda de R$ 10.000,00 por mês. Mas, se deste montante, R$ 3.000,00 está comprometido com o pagamento de consórcios, financiamentos e empréstimos o seu limite pode ser menor. 

Empréstimos e financiamentos em seu nome podem interferir no valor do limite do cartão
Empréstimos e financiamentos em seu nome podem interferir no valor do limite do cartão

Qual o limite ideal? 

Bom, assim como vários fatores influenciam a decisão do banco em fornecer determinado limite do cartão, também existem critérios para definir o montante ideal. Como falamos anteriormente, o recomendado é que o crédito oferecido no plástico não ultrapasse ao que corresponde a 30% da sua renda mensal. 

Contudo, nós temos as nossas ressalvas com relação a esse conselho. Quem nos acompanha sabe que uma das maneiras para acumular mais milhas é concentrar o maior número de gastos possíveis no cartão. Logo, seria impossível aplicar essa estratégia com um limite tão pequeno? Além disso, há algum tempo o plástico deixou de ser um recurso para compras esporádicas.

Hoje, muitas pessoas usam o cartão como principal forma de pagamento. Ou seja, para compras no supermercado, pagamento de contas de consumo e outros gastos que são fixos. Então, olhando para a nossa realidade atual, a tese dos 30% fica fora de contexto. Assim, precisamos buscar outros critérios para definir o limite ideal. 

Descubra o limite ideal para o seu cartão de crédito
Descubra o limite ideal para o seu cartão de crédito

Uma coisa é certa, ninguém quer ficar endividado por causa do cartão. Então, o primeiro passo é fazer uma autoanálise. Seja sincero consigo mesmo(a) e avalie qual o seu nível de controle financeiro. Alguma vez você estourou o limite do cartão? Já pagou a fatura parcelada ou em atraso? Se a sua resposta foi “sim” para essas perguntas, acenda o alerta. 

Veja também:

Se você sabe que tem dificuldades em lidar com o crédito, então o ideal é que o limite do cartão seja igual ou inferior a sua renda mensal. Assim, não haverá o risco de contrair dívidas. Por outro lado, quem administra bem o uso do plástico pode se dar ao luxo de ter um limite maior. Assim, será possível realizar compras maiores de maneira parcelada e acumulando milhas. 

Vale ressaltar que, mesmo quem tem um bom controle dos gastos no cartão deve ter cuidado com o limite. Nesses casos, o ideal é que o seu crédito não seja superior à sua renda mais do que 50%. Assim, você não corre o risco de se perder e acabar endividado. 

O meu limite do cartão não está adequado, o que fazer? 

Muito provavelmente você chegou até aqui e descobriu que o seu limite está aquém ou além do ideal, o que fazer? Bem, se o crédito oferecido pelo banco é superior à sua renda e você não tem tanto controle financeiro é necessário tomar algumas medidas. Muitas instituições já permitem que o cliente gerencie o seu limite.

Se você é cliente de uma conta digital, por exemplo, é possível que possa diminuir o limite disponível por meio do aplicativo. Outra saída é ligar para o banco e pedir que eles reduzam o crédito disponível no plástico. Por fim, adote estratégias de segurança, por exemplo: anote todas as compras com o cartão, tenha um limite diário de gastos e evite parcelar. 

O que fazer se o limite do cartão não estiver adequado

Por outro lado, se você chegou até aqui e descobriu que o seu limite deveria ser maior, não se desespere! Existem algumas coisas que podem ser feitas para reverter essa situação. Para começar, concentre gastos. Hoje, as instituições contam com ajuda de robôs que avaliam o comportamento dos seus clientes. 

Assim, se um indivíduo usa o cartão com frequência e paga as contas em dia, recebe aumento do limite. Além disso, você deve sempre atualizar a sua renda e cuidar do seu score de crédito. Em muitos casos, uma conversa com o gerente pode resolver essa questão. 

Aqui no blog nós já falamos sobre o assunto. Confira esse post e descubra o passo a passo para conseguir um aumento no limite do cartão de crédito. 

Até mais!