Categorias de Elite: em qual companhia é mais fácil conseguir o upgrade?

categorias de elite
Descubra em qual programa é mais fácil alcançar as categorias de elite

Se você acompanha o nosso blog e redes sociais deve ter visto que durante essa semana o Imperador das Milhas, Leandro Cardoso está na corrida para chegar à classe Black dentro do LATAM Pass. Entretanto, para muitas pessoas alcançar as categorias de elite em um programa de fidelidade parece algo super complicado e quase impossível. 

Mas, nada disso é verdade. Acontece que existem pessoas que se dedicam a entender o mecanismo dos programas de fidelidade e, por esse motivo, conseguem alcançar essas categorias com mais facilidade. Como nós estamos no ritmo da Black Run decidimos elaborar este post para contar em qual companhia é mais fácil conseguir o upgrade e como você pode se tornar um cliente de elite. 

Preparado(a)? Então, aperte os cintos pois vamos decolar! 

O que são categorias de elite? 

Imagine que você sempre escolha o mesmo supermercado para fazer as suas compras. Depois de um certo tempo, essa empresa decide que você merece algumas vantagens por ser um consumidor frequente. Seria interessante, não é mesmo? Pois é exatamente isso que os programas de fidelidade fazem.

Em outras palavras, as categorias de elite foram criadas para prestigiar os melhores clientes de uma companhia aérea. Assim, sempre que você escolhe uma empresa para realizar a sua viagem acaba ganhando pontos qualificáveis que, posteriormente, vão ser usados para o upgrade de classe. 

É claro que com a popularização dos programas de fidelidade as categorias de elite deixaram de ser apenas um prêmio para os participantes. Elas se tornaram objetos de consumo, afinal, quem participa de um desses grupos conta com uma variedade de benefícios, desde despacho de malas gratuitos até acesso as salas vip e upgrade de cabine.

Comparando as categorias de elite entre os programas 

Atualmente existem no Brasil três grandes programas de fidelidade. Todos eles possuem categorias de elite que no geral oferecem benefícios semelhantes. Sendo assim, em qual empresa é mais fácil conseguir o upgrade e como fazer essa comparação? Bem, existem alguns fatores que você deve levar em conta como a quantidade de pontos ou trechos qualificáveis necessários para alcançar essas classes.

Não se esqueça dos benefícios, afinal é por eles que você quer se tornar um membro elite. Além disso, se você vai buscar uma dessas categorias em um programa é interessante observar a extensão da malha aérea e a presença da principal companhia vinculada na região em que você mora.

Na produção deste post nós definimos alguns critérios. Como estamos comparando as categorias de elite de diferentes empresas os benefícios podem variar entre elas. Assim, para nos ajudar nessa escolha usamos o Status Match do TudoAzul para estabelecer uma equivalência entre os grupos. Também levamos em conta a quantidade de trechos e pontos qualificáveis necessários para o upgrade. 

Gold Plus – LATAM Pass

O LATAM Pass conta com cinco categorias de elite. Esse é um grupo intermediário entre o Gold e o Platinum. Assim, os clientes Gold Plus contam com embarque e check-in preferencial em todos os voos, alteração gratuita de viagens dentro do território nacional, despacho de bagagem adicional em voos domésticos, escolha de assento e extensão da categoria durante a maternidade. 

Além disso, os membros do Gold Plus acumulam mais pontos por cada viagem realizada com a companhia. Entretanto, para alcançar essa categoria são necessários 17 mil pontos ou 20 trechos qualificáveis. Vale ressaltar que por conta da pandemia a meta de qualificação foi reduzida em 30% até o final de 2020. 

Pontos qualificáveis

No programa de fidelidade você acumula dois tipos de pontos. Aqueles que podem ser trocados por outras viagens e produtos em empresas parceiras e os que servem para upgrade de categoria. Este último são conhecidos como pontos qualificáveis. No LATAM Pass você consegue esse benefício das seguintes maneiras: voos comercializados pela companhia e cartões de crédito co-branded. 

No caso dos voos os pontos são contabilizados de acordo com o preço e tarifa da sua passagem. Assim, para viagens nacionais é levado em conta o valor em reais e em voos internacionais são convertidos para dólar. Além disso, tarifas, impostos e serviços adicionais são descontados. Por fim, o custo do seu bilhete é multiplicado por 2,5 (dentro do Brasil) e por 6 (fora do Brasil).

Pontos qualificáveis LATAM Pass
Pontos qualificáveis LATAM Pass

No caso dos cartões de crédito é possível acumular 2 pontos qualificáveis a cada 10 milhas LATAM Pass. Contudo, essa opção só está disponível para as variantes Infinite, Platinum e Black. Existe ainda a possibilidade de fazer o upgrade de categoria com trechos qualificáveis. 

Isto é, sempre que você realiza voos operados pela Latam com tarifas Plus e Top acumula trechos. Além disso, se a cabine for Premium Economy ou Premium Business são contabilizado em dobro. Uma vantagem oferecida pelo LATAM Pass é que paradas e conexões contam como trechos qualificáveis facilitando ainda mais o upgrade de categoria.

Trechos qualificáveis LATAM Pass
Trechos qualificáveis LATAM Pass

Quanto custa para alcançar a categoria? 

Agora que você já conhece todos os benefícios da categoria Gold Plus, a quantidade de pontos e trechos necessários para alcançá-la e as regras estabelecidas pelo programa deve estar se perguntando como fazer para chegar a esse grupo. Bem, fizemos algumas simulações e chegamos à conclusão de fazer o upgrade por meio de trechos qualificáveis é mais rápido e mais barato. 

Para você entender vamos utilizar como exemplo a ponte aérea São Paulo – Curitiba. O que nos levou a essa escolha foi o preço do trecho e a quantidade de voos diários. Ou seja, se você estiver disposto a fazer uma maratona no estilo Black Run é possível realizar até fazer mais de uma viagem no mesmo dia. 

Vale lembrar que, essa e as demais simulações foram feitas no dia 04/08/2020. Sendo assim, levando em conta que são necessários 20 trechos qualificáveis para alcançar a categoria Gold Plus, escolhemos voos na cabine Premium Economy e tarifa PLUS para duplicar os trechos. 

Dessa forma, seriam necessárias 5 viagens ida e volta entre São Paulo e Curitiba para alcançar a categoria Gold Plus. Nessa simulação você gastaria R$ 2.154,05 e ainda acumularia 4.575 pontos qualificáveis. Entretanto, se você preferisse acumular milhas para a mudança de categoria teria que fazer essa mesma viagem por 19 vezes ou escolher outra rota.

Outras formas de realizar o upgrade 

Talvez você ache que realizar tantas viagens para alcançar a categoria Gold Plus no LATAM Pass seja um tanto cansativo e por esse motivo esteja procurando um “passe livre” para esse grupo. Bem, infelizmente o programa não oferece nenhum produto com os benefícios deste grupo. 

Tanto no clube quanto com o cartão de crédito o máximo que você consegue chegar é a classe Gold. Ainda assim você teria que pagar uma mensalidade ou anuidade e comprovar renda. 

Categoria Ouro – Smiles

Os clientes da categoria Ouro Smiles tem alguns benefícios como antecipação de voos gratuitos, prioridade no recebimento de bagagens, validade de 8 anos nas milhas acumuladas em voos com a companhia e 4 anos nos demais pontos. Além disso, os membros dessa categoria contam com acesso a salas vip nacionais e internacionais.

Da mesma forma, a categoria oferece bônus no acúmulo de milhas, prioridade no check-in e recebimento de bagagens, assentos Gol + e a possibilidade de utilizar milhas qualificáveis excedentes para o ano seguinte. Assim, para se tornar um cliente Ouro é preciso acumular 18 mil pontos ou 18 trechos qualificáveis. 

Pontos qualificáveis 

Na Smiles você pode acumular milhas qualificáveis de três formas. A primeira é com voos operados pela companhia ou parceiras. Nesse caso, uma milha aérea equivale a 1 milha qualificável. Contudo o número de pontos pode variar de acordo com a distância e tarifa escolhida. Além disso, o programa não é claro com relação ao cálculo desses pontos. 

Você também pode acumular milhas qualificáveis com o Clube Smiles ou com os cartões co-branded do programa. Nesses casos a proporção é de 10:1. Por fim, você pode fazer o upgrade de categoria na Smiles utilizando os trechos. Para essa opção são válidas as viagens operadas pela Gol. 

Milhas qualificáveis Smiles
Milhas qualificáveis Smiles
Como são contabilizados os trechos qualificáveis Smiles
Como são contabilizados os trechos qualificáveis Smiles

A vantagem da Smiles é que passagem emitidas com milhas também contam como trechos qualificáveis, mas, diferente do LATAM Pass, o programa conta cada viagem como um trecho, independentemente das paradas e conexões. 

Quanto custa para alcançar a categoria? 

Para essa comparação também vamos utilizar novamente uma viagem entre São Paulo e Curitiba. Como dissemos anteriormente, o programa não explica como é calculada a distância em cada trecho. Dessa forma, fica mais difícil estabelecer quantos pontos você pode acumular em uma rota com a companhia. 

Assim, a simulação com trecho qualificável é mais precisa. Se consideramos que são necessários 18 trechos operados pela Gol para alcançar a categoria Ouro e que uma viagem, mesmo com paradas e conexões, conta como uma rota seriam necessárias 9 idas e voltas entre São Paulo e Curitiba para realizar o upgrade. Nesse cenário você pagaria R$ 2.455,00 com tarifas e impostos inclusos. 

Outras formas de realizar o upgrade 

Na Smiles você consegue fazer o upgrade de categoria sem precisar de pontos ou trechos qualificáveis. De maneira simplificada, todo cliente que assina o plano de 20 mil no clube automaticamente passa a fazer parte do grupo Diamante que é a melhor classe do programa. Entretanto, para se manter com esse status é preciso pagar uma mensalidade de R$ 778,00 ou R$ 8.845,00 ao ano. 

TudoAzul Safira

Os clientes Safira recebem 4 pontos por real gastos como passagens aéreas da companhia. Além disso, contam com duas bagagens de 23 kg em voos nacionais e uma mala de porão em voos na América do Sul e duas cortesias por ano na sala vip doméstica da companhia. 

Da mesma forma, o status oferece embarque e check-in prioritário, ofertas e promoções exclusivas e central de atendimento por e-mail e telefone. Para se tornar um cliente elite Safira é preciso acumular 10 mil pontos qualificáveis. 

Pontos qualificáveis

No TudoAzul o cliente só consegue fazer o upgrade de categoria por meio dos pontos qualificáveis. Ou seja, o programa não considera trechos voados. Entretanto, é possível conseguir essas milhas de cinco formas. A primeira delas é em voos com a companhia. Nesse caso o participante pode receber até 6 pontos de acordo com o seu status e tarifa do bilhete. 

Confira quantos pontos são acumulados em cada categoria no TudoAzul
Confira quantos pontos são acumulados em cada categoria no TudoAzul

Você ainda pode acumular pontos qualificáveis na transferência dos cartões parceiros e compra de milhas. Nesse caso a proporção é de 15:1. Já os cartões co-branded e o Clube TudoAzul oferece 1 milha qualificável a cada 10 pontos. 

Outros pontos qualificáveis TudoAzul
Outros pontos qualificáveis TudoAzul

Quanto custa para alcançar a categoria? 

Como podemos ver, à medida que alcançamos novas categorias no TudoAzul a quantidade de pontos qualificáveis acumulados aumenta. Sendo assim, para manter um equilíbrio nas comparações decidimos considerar uma pessoa com status básico. Dessa forma, seriam necessárias 22 viagens de ida e volta entre São Paulo e Curitiba para acumular as 10 mil milhas. 

Por não oferecer a opção de trechos qualificáveis e ter a tarifa mais barata entre as três companhias o TudoAzul acaba sendo o mais caro para quem deseja realizar o upgrade. Em média um cliente gastaria aproximadamente R$ 11.566,28 com tarifas e impostos já inclusos. 

Outras formas de realizar o upgrade 

TudoAzul é o único entre os três programas que oferece acesso direto para a categoria escolhida na nossa comparação. Você pode se tornar cliente Safira adquirindo um cartão co-branded ou assinando o clube. No caso do plástico você precisa solicitar a variante Platinum. 

Contudo, é preciso ter renda mínima de R$ 5 mil e pagar uma anuidade de 12x de R$ 51,33. Já no caso do clube o plano 10 mil oferece upgrade para categoria Safira. Nesse cenário você precisaria pagar 12x de R$ 315,00 ou R$ 339,00 mensal. Se fizermos uma análise rápida o acesso ao status analisado é mais rápido e barato por meio do cartão e clube do que com trechos. 

Se você consegue comprovar renda mínima pode ser cliente Safira pagando R$ 616,00 por ano na anuidade do cartão. Mas se deseja acumular pontos todo mês pode alcançar a categoria pagando R$ 3.780,00 na assinatura anual do clube 10 mil. Vale lembrar que, em ambos casos, você continua juntando pontos qualificáveis. 

Veredito: em qual companhia é mais fácil alcançar a categoria de elite? 

Quando se trata de programas de fidelidade nem sempre é fácil determinar qual é o melhor, afinal existem algumas variáveis envolvidas na escolha, inclusive gostos pessoais. Contudo, analisando friamente os resultados da nossa simulação percebemos que o LATAM Pass oferece um upgrade mais rápido e mais barato dentre as três. 

Com apenas 5 viagens é possível alcançar a categoria Gold Plus. Em seguida a Smiles tem um preço bem semelhante para que deseja se tornar membro Ouro. Contudo, são necessárias 4 voos a mais do que no LATAM Pass. Infelizmente, o TudoAzul se mostrou o programa mais difícil para alcançar a categoria analisada. 

É claro que na nossa simulação tomamos como base um cliente na categoria mais básica alcançando o segundo melhor status do programa. Talvez para esse tipo de estratégia o TudoAzul não seja tão vantajoso e por isso ficou em último lugar na nossa análise. Se fosse considerado um upgrade gradual o resultado poderia ser melhor.

Alcançar categorias de elite pode parece algo complicado. Entretanto com um pouco de dedicação e pesquisa é possível atingir esses grupos sem muito desgaste físico e ainda gastando pouco. Esperamos que com este post você tenha conseguido entender como funciona a dinâmica de upgrade de status e já esteja preparando a sua estratégia. 

Ahh para deixar você ainda mais inspirado que tal acompanhar a Black Run? Você confere tudo no nosso Instagram @imperadordasmilhas

Conheça o Kûara Hotel, em Arraial D’ajuda Conheça Praia do Pontal, no Arraial do Cabo Conheça Fontana di Trevi, em Roma Praia do Futuro em Fortaleza: o que você precisa saber