Seguro viagem internacional: respondemos as 10 maiores dúvidas sobre o assunto

O seguro viagem internacional é um item indispensável para quem pretende ir para o exterior. Afinal, ninguém está livre de passar por situações não planejadas. Pode ser uma dor de barriga, febre, viroses ou quem sabe coisas mais graves. E vamos combinar que ter que arcar com essas despesas em moeda estrangeira não é a melhor lembrança de uma trip. 

Ainda assim, muitas pessoas se arriscam a viajar sem essa proteção. Muitas delas ainda acreditam que fazendo isso estão economizando, o que não é verdade. Por outro lado, existem viajantes que não entendem como esse serviço funciona e, por isso, acabam não contratando essa proteção. Por esse motivo, selecionamos as 10 maiores dúvidas e respondemos para você. 

Quer entender melhor como funciona o seguro viagem internacional? Então, venha com a gente! 

1. Afinal, para que serve o seguro viagem internacional? 

De maneira geral, o seguro viagem internacional oferece proteção contra uma série de imprevistos relacionados à viagem. Desde perda e roubo de bagagem a cancelamento de voos, mas o mais importante é que esse serviço funciona como um plano de saúde no exterior. Como sabemos, fora do Brasil os atendimentos hospitalares costumam ser pagos, até mesmo na rede pública. 

O seguro viagem internacional é uma proteção extremamente importante
O seguro viagem internacional é uma proteção extremamente importante

Além disso, em muitos destinos, estrangeiros não podem utilizar o serviço público de saúde. Assim, nesses casos, ter um seguro de viagem internacional é muito importante. Pois, em casos de emergência médica ou problemas relacionados ao voo você poderá contar com assistência especializada. Vamos combinar que, se já é complicado resolver essas situações no Brasil, imagine num país estrangeiro? 

2. É obrigatório ter seguro viagem em todas as viagens internacionais? 

Não. Alguns países não exigem seguro viagem internacional para turistas. Entretanto, em alguns destinos, apresentar essa cobertura é obrigatório. Assim, antes de realizar a viagem é preciso verificar se o lugar que pretende visitar necessita dessa cobertura ou não. Em todos os casos, a nossa dica é: sempre contrate essa proteção. Afinal, o objetivo dela é resguardar você de imprevistos.  

Nem todos os países exigem seguro viagem, mas é sempre bom contar com essa proteção
Nem todos os países exigem seguro viagem, mas é sempre bom contar com essa proteção

3. Seguro e assistência de viagem são a mesma coisa? 

Muitas pessoas costumam confundir, mas seguro e assistência de viagem não são exatamente a mesma coisa. A principal diferença entre eles está relacionada ao pagamento dos serviços. O seguro viagem internacional funciona no sistema de reembolso. Ou seja, em caso de emergência o viajante paga por todas as despesas e depois a seguradora devolve o valor gasto.

A principal diferença entre seguro e assistência de viagem é a forma de utilizar o serviço
A principal diferença entre seguro e assistência de viagem é a forma de utilizar o serviço

Nesses casos, o viajante tem a vantagem de poder escolher em qual hospital será atendido. Por outro lado, é necessário guardar notas fiscais, laudo médico, receitas e demais documentos que comprovem o atendimento. Já no caso da assistência, o viajante não precisa pagar nada. Se acontecer alguma emergência, basta acionar a seguradora e ela irá indicar estabelecimentos conveniados para que você realize as consultas. 

É importante entender a diferença entre esses dois serviços para que não haja surpresas. De toda forma, se você contratou essa proteção pode ficar tranquilo, pois você não terá gastos extras, além do que já pagou. Além disso, muitas seguradoras já oferecem essas duas modalidades de cobertura em um mesmo seguro. Ou seja, de todos os jeitos o cliente está protegido em casos de sinistro.  

4. Existe um seguro viagem internacional específico para cada destino? 

Quando vamos contratar um seguro viagem internacional precisamos informar qual país ou continente vamos visitar. Além disso, é importante comunicar se a trip envolve a prática de esportes radicais ou outras atividades que possam representar risco. Dessa forma, a seguradora vai selecionar o pacote que mais se adequa a sua viagem. 

Dependendo da sua viagem você vai precisa de coberturas específicas
Dependendo da sua viagem você vai precisa de coberturas específicas

Isso envolve os riscos que o país de destino oferece, bem como os custos em casos de emergência. Além disso, algumas nações contam com exigências específicas com relação aos valores de cobertura. Em geral, essas condições são mais comuns em locais onde a apresentação do seguro é obrigatória, como por exemplo na Europa. 

Seguro Schengen

O Tratado de Schengen é um acordo que permite que viajantes possam transitar livremente entre vários países da Europa. Ou seja, graças a essa resolução basta apresentar o passaporte e documentação apenas no país em que o turista chega ao continente. Inclusive, nós brasileiros somos desobrigados a apresentar visto em 30 países. 

Por outro lado, há a exigência de apresentar um seguro viagem internacional. Quem viaja para países da Europa deve contratar uma cobertura de no mínimo 30 mil euros para emergências médicas. Assim, esse documento deve ser apresentado ao passar pela imigração.  

5. O que o seguro viagem internacional cobre? 

Como explicamos anteriormente, o seguro viagem internacional é uma proteção para eventuais imprevistos relacionados à uma viagem. Assim, em geral, toda apólice cobre os indivíduos em casos de emergências médicas, atendimento odontológico, despesas farmacêuticas, indenização por morte ou invalidez e repatriação. 

O seguro viagem internacional cobre uma série de imprevistos
O seguro viagem internacional cobre uma série de imprevistos

Além disso, estão cobertos casos de extravio, perda ou roubo de bagagem, remarcação de passagem e indenização, em situações em que a mala não foi restituída. Da mesma forma, de acordo com o pacote escolhido o seguro pode oferecer outras coberturas como pagamento de fiança, despesas jurídicas e assistência funeral. 

6. Por quanto tempo contratar o seguro? 

Ao contratar o seguro viagem internacional o viajante precisa informar a quantidade de dias que vai estar fora do país. Afinal, a cobertura precisa estar vigente durante todo esse período. O ideal é que ao contratar esse serviço adicione pelo menos 2 dias extras. Afinal, pode acontecer de o voo atrasar e assim, você estará protegido.

O seguro tem que estar vigente durante toda a viagem
O seguro tem que estar vigente durante toda a viagem

Com relação ao tempo de antecedência entre a contratação do seguro e a viagem, hoje graças aos sites de diversas corretoras, já é possível adquirir esse serviço com até um dia de antecedência ao voo. Contudo é importante ressaltar que essa proteção deve ser realizada antes de chegar ao país de destino, caso contrário ela não terá validade. 

7. Quanto custa o seguro viagem internacional?

Quando vamos contratar um seguro viagem internacional é necessário informar para qual país ou continente estamos indo, quantos dias vamos ficar lá, além de outros dados importantes como por exemplo: a idade do viajante, se vai realizar atividades radicais, se está transportando equipamentos caros, entre outros detalhes. Todas essas informações vão influenciar no preço final. 

O custo do seguro viagem internacional depende de vários fatores
O custo do seguro viagem internacional depende de vários fatores

Além disso, as seguradoras costumam oferecer mais de uma modalidade de plano. Desde os mais básicos até os mais completos. Assim, quanto mais coberturas tiver, maior será o valor do serviço. Apesar disso, o custo deste tipo de proteção é bem em conta. É possível encontrar pacotes de seguro para 7 dias na Europa a partir de R$ 196,00 e ainda dá para acumular cashback. 

Embora não seja caro contratar um seguro viagem internacional, ainda é possível ter acesso a esse serviço de maneira gratuita. Acontece que muitos cartões de crédito oferecem esse tipo de proteção aos seus usuários. Basta comprar as passagens aéreas com o plástico para poder usar esses benefícios. Contudo, é importante verificar se o seu cartão oferece o seguro viagem e se ele atende às exigências do seu destino. 

8. Como escolher uma seguradora?

Hoje existem várias plataformas que oferecem seguro viagem internacional. Assim, uma dúvida comum é qual empresa escolher. Graças a essa variedade o preço acaba sendo um dos principais determinantes para essa seleção. Contudo, ele não deve ser o único. Para começar certifique-se da idoneidade da seguradora. 

Muitos sites costumam oferecer os serviços de diversas seguradoras. Mas, não espere que essas plataformas se responsabilizem pelo produto de cada seguradora. Por isso, é muito importante verificar a confiabilidade de ambas. Em geral, o mais seguro é optar por nomes conhecidos como Porto Seguro, Assist Card, Allianz Travel, Travel Ace e Sul América. 

9. Seguro viagem internacional cobre casos de Covid-19? E outras pandemias? 

Devido a pandemia, contratar seguro viagem internacional ganhou mais importância. Ao mesmo tempo, muitas dúvidas surgiram a respeito de coberturas para casos de Covid-19. É bem verdade que, no início da pandemia, muitas seguradoras não ofereciam proteção para situações como essa. Algumas mantiveram a cobertura total enquanto outras limitaram apenas ao diagnóstico. 

Alguns seguros oferecem proteção contra Covid-19
Alguns seguros oferecem proteção contra Covid-19

Contudo, já temos à disposição diversos seguros que contam com a proteção para casos de Covid-19. Inclusive, alguns países já exigem que os viajantes apresentem esse tipo de cobertura. Assim, é importante verificar se a sua seguradora oferece pacote com essa proteção. Em muitas delas essa informação é claramente explícita, em outras é necessário avaliar o contrato detalhadamente. 

10. Não vou mais viajar, posso cancelar o seguro viagem internacional?

Assim como em uma viagem, imprevistos acontecem na vida e acabam nos impedindo de conhecer aquele destino dos sonhos. Sendo assim, o que fazer com o seguro já contratado? Bem, cada empresa tem sua maneira de tratar os casos de cancelamento. Elas vão avaliar a situação e decidir o que poderá ser feito. Assim, é importante que você conheça as regras de cancelamento do seguro que está adquirindo e tente negociar com a empresa logo que descobrir que não vai poder viajar. 

É possível sim cancelar o seguro viagem internacional
É possível sim cancelar o seguro viagem internacional

O seguro viagem internacional é muito importante para quem deseja viajar tranquilo. Como vimos, esse produto nos ajuda em diversas situações, além de evitar um gasto financeiro não planejado. Esperamos que com este post você tenha solucionado todas as suas dúvidas a respeito deste serviço. 

E se você quer aprender mais sobre seguro viagem, confira estes artigos que nós selecionamos: