Conheça a Islândia, cenário do universo de Game of Thrones

Uma das séries mais populares dos últimos anos, Game Of Thrones conquistou uma legião de fãs. Após o seu encerramento, em 2019, muitos desses seguidores ficaram saudosos da trama, que envolve muita fantasia e ação, além dos dragões, é claro. Contudo, o seu universo dramático está de volta com uma nova produção: House of the Dragon. E o guia de destinos do Império apresenta a Islândia, a ilha nórdica que virou cenário e deu vida ao universo de GOT, como é conhecida a série.

Portanto, neste post você vai conhecer as principais informações e curiosidades sobre a Islândia. Para além das montanhas de gelo, vulcões e do visual encantador, vamos mostrar um pouco da história e cultura do país, que é mais conhecido pela referência viking, mas que tem muitos atrativos a oferecer ao viajante. Por fim, traremos um tour especial para você conhecer os locais que serviram de inspiração para a série Game Of Thrones. E então, vamos nessa?

Resumo do destino

Antes de tudo, vamos situar geograficamente a Islândia — afinal de contas, muita gente fica perdida na hora de apontar a sua localização no mapa. A Islândia é um país insular (ou seja, possui o seu território composto por um grupo de ilhas) localizado a sul do Círculo Polar Ártico e ao norte da Europa.

Com pouco menos de 350 mil habitantes, o país é marcado pelo seu relevo montanhoso de terreno predominantemente vulcânico — o que contribui para a baixa densidade demográfica.

De história relativamente recente, a Islândia tem a sua fundação atrelada aos povos vikings. A princípio, os primeiros desbravadores eram monges e colonos de regiões escandinavas, como a Noruega, fugindo das invasões bárbaras em seus territórios. Somente depois, os próprios vikings chegaram à Islândia, onde iniciaram a habitação. Inclusive, foi o líder desse povo nórdico, Flóki Vilgerdarson, que deu ao país o nome de Ísland, ou Terra do Gelo. 

Durante boa parte de sua história, é verdade que a Islândia nunca foi vista como um destino atrativo para os viajantes, que sequer consideravam uma visita ao país. Contudo, essa visão tem sido reformulada e não é errado afirmar que Game Of Thrones tem muita influência nisso. Assim que a série caiu no gosto popular, as pessoas conheceram melhor a Islândia e passaram a pesquisar sobre o país e conhecer as suas belezas e curiosidades.

Dessa forma, o turismo na Islândia se desenvolveu, principalmente durante a última década. Hoje já existem rotas turísticas dentro do país e não é difícil encontrar pacotes com passagens à Islândia durante a sua viagem pela Europa. Inclusive, como veremos mais adiante, dentro do roteiro turístico islandês existem tours pelos cenários onde são gravados os episódios da série.

Principais pontos turísticos da Islândia

Assim, caso você decida conhecer a Islândia, se encantará e surpreenderá com as belezas naturais, a gastronomia — digamos, peculiar — e a cultura local. Em seu roteiro, verá que a vida pacata de suas cidades contrasta com as emoções e aventuras que as montanhas podem lhe proporcionar. Confira alguns dos principais pontos turísticos que você precisa conhecer quando for à Islândia:

  • Reykjavík: a capital islandesa, como era de se esperar, possui uma maior oferta cultural e gastronômica. Assim, entre os passeios, que tal dar uma volta na Laugavegur, a principal rua comercial do centro histórico de Reykjavík. Além disso, uma visita ao Museu Nacional da Islândia, considerada a principal instituição do país.
  • Círculo Dourado: situado a cerca de 100 km de Reykjavík, o Círculo Dourado é um lugar que reúne belezas naturais de tirar o fôlego. As três principais atrações turísticas do local são Gullfoss, Geysir e Thingvellir.
  • Lagoa Azul: essa é uma das principais atrações turísticas da Islândia. Você pode mergulhar nas águas termais azuladas, que ficam ao redor de um vulcão.
  • Kirkjufell: Uma montanha com 463 metros de altura, que foi cenário de Game of Thrones e de outras produções cinematográficas. É considerada a paisagem mais fotografada da Islândia.

Cinco curiosidades sobre a Islândia

Além de belas paisagens, uma gastronomia exótica e muita aventura, a sua estadia na Islândia vai reservar uma série de curiosidades que certamente virarão histórias para se contar. A Islândia é um prato cheio dessas curiosidades e nós vamos mostrar algumas para você:

País mais seguro do mundo

Além de possuir uma das maiores qualidades e expectativas de vida do planeta, a Islândia ostenta o título de lugar mais seguro do mundo. Claro que estamos falando de segurança pública, que não inclui os perigos causados por atividades naturais, como terremotos e erupções vulcânicas.

Mas em termos de criminalidade, na Islândia isso é praticamente inexistente. O país também não possui forças armadas e nem mesmo a polícia anda armada nas ruas.

Parentes para todo lado

A baixa densidade demográfica  faz com que a maioria dos habitantes das cidades islandesas não apenas se conheçam, como em uma cidade interiorana, mas que possuam algum grau de parentesco.

E para piorar os islandeses não possuem sobrenomes — por lá é usado o nome do pai aos filhos com o sufixo “son”, e o nome das mães mais o sufixo “dóttir” para as mulheres. Ou seja, torna-se quase impossível reconhecer um parente na rua. E isso atrapalha até mesmo a paquera dos solteiros, que precisam recorrer a um site que organiza a genealogia dos islandeses, para evitar que parentes muito próximos se relacionem.

Terra de escritores

Outra curiosidade é que o povo islandês possui um hábito literário de dar inveja. Por conta da alta taxa de alfabetização, as crianças islandesas crescem sendo influenciadas pela leitura e pela escrita. Não à toa, 1 a cada 10 islandeses já publicou um livro. Um recorde imbatível no mundo.

Aurora Boreal

Um dos fenômenos naturais mais raros e encantadores do mundo. Essas explosões solares provocam um espetáculo visual único ao entrarem em contato com o campo magnético da Terra, dando origem a um verdadeiro show de cores. A princípio, a ocorrência da aurora boreal se dá ao longo do ano. Contudo, para apreciá-la com mais visibilidade e clareza, o inverno (entre novembro e janeiro) é a melhor época.

Terra sem insetos

Por fim, uma notícia boa para quem morre de medo de barata. Por conta das baixas temperaturas, na Islândia elas simplesmente não existem. Na verdade, insetos, em geral, não são comuns no país, pois não conseguem fazer seus ninhos e se reproduzirem.

Tour de Game Of Thrones pela Islândia

E como dissemos, a série Game Of Thrones ajudou a popularizar o turismo na Islândia. Bem como a nova produção do universo GOT, House of Dragon, reacendeu o interesse no país. Assim, hoje em dia muitos viajantes chegam à ilha interessados em conhecer os locais onde foram gravadas as principais cenas da série.

Por isso, assim que chega ao país o viajante encontra ofertas de pacotes de turismo que te levam nos principais cenários de Game Of Thrones. Com paradas em pontos marcantes da trama, como o Parque Nacional Thingvellir (onde foi filmado o Portão Sangrento do Vale de Arryn), o vale de Thingvellir (onde aconteceu o duelo entre Brienne e Sandor Clegane) e muitos outros cenários da série, além de conhecer legítimos povoados vikings.

A excursão é feita ao longo de um dia, com duração de oito horas, e pode ser feita por pessoas de todas as idades. O tour é feito por um guia local, que apresenta a história dos locais e das referências à série, tudo em inglês. Para isso, os interessados terão que desembolsar valores que vão de R$316,50 a R$633,10. No entanto, crianças menores de 12 anos não pagam. Para mais informações, acesse o site.

Conhecer a Islândia certamente será uma das experiências que você levará para sempre em sua vida. E para ficar mais próximo de realizar seu sonho de conhecer esse destino, acesse o Império das Passagens. A nossa agência de viagens está sempre com os melhores pacotes e ofertas para você aproveitar. Tá esperando o quê? Entre em contato conosco através deste link e reserve a sua passagem.

Conheça o Kûara Hotel, em Arraial D’ajuda Conheça Praia do Pontal, no Arraial do Cabo Conheça Fontana di Trevi, em Roma Praia do Futuro em Fortaleza: o que você precisa saber