Partiu viajar! Conheça 35 países que estão recebendo brasileiros

países que estão recebendo brasileiros
Confira 5 países que estão recebendo brasileiros durante a pandemia

Viajar é uma das melhores experiências que existem, mas quem estava se preparando para conhecer o mundo teve os seus planos adiados. Como sabemos, por conta dessa crise muitas nações fecharam as suas fronteiras como forma de evitar que o vírus se espalhasse ainda mais. Entretanto, já temos alguns países que estão recebendo brasileiros durante a pandemia. 

Por esse motivo, elaboramos este post para apresentar a você 25 países que abriram suas fronteiras para os viajantes brasileiros, quais as exigências e como se preparar para conhecer esses lugares durante a pandemia. Então, se você ficou curioso, continue lendo este post e descubra. 

Quais são os países que estão recebendo brasileiros durante a pandemia?

Apesar da reabertura de muitos destinos, é importante salientar que a experiência em alguns países pode ser comprometida por conta das medidas de prevenção ao vírus. Contudo, muitas nações já estão recebendo turistas vindos do Brasil. Assim, confira a seguir para onde os brasileiros podem ir e como se preparar para essas viagens.

Estados Unidos

A reabertura das fronteiras dos Estados Unidos foi uma das mais aguardadas pelos viajantes. Assim, desde o dia 08/11/2021 o país está recebendo brasileiros. Entre as exigências é necessário apresentar o comprovante das duas doses (ou dose única) contra Covid-19. Felizmente, todos os imunizantes aplicados no Brasil são aceitos.

Além da vacina, os passageiros precisam apresentar um teste RT-PCR ou de antígeno, com resultado negativo, realizado em até 72 horas antes do embarque. Entretanto, menores de idade desacompanhados ou que ainda não tomaram a vacina devem fazer o teste com 24 horas de antecedência.

África do Sul 

Safari na África do Sul

Conhecida como Nação Arco-Íris, a África do Sul é um lugar que encanta pela sua diversidade natural. Desde praias selvagens, passando por montanhas e vinícolas maravilhosas até chegarmos à metrópole, o país oferece muitas atrações. Inclusive, é lá que fica o famoso “Cabo da boa esperança”. 

A África do Sul já havia reaberto as fronteiras desde 1º de outubro, entretanto a entrada de pessoas vindas do Brasil e outras nações ainda não era permitida. Assim, no mês de novembro o país anunciou o fim da restrição para visitantes brasileiros. Desde que, apresentem um teste com resultado negativo para Covid-19 obtido em no máximo 72 horas. 

Turquia

A Turquia é um país que está localizado em dois continentes, Europa e Ásia. Por esse motivo, o destino fez parte dos impérios romano, bizantino e otomano e é o sexto país mais visitado do mundo. Além da rica cultura, é lá que ficam localizadas cidades como Istambul, Capadócia e Bodrum.

Assim, embora as fronteiras da Turquia estejam fechadas para voos vindos do Brasil, os brasileiros podem visitar o país. Para isso, será necessário apresentar um teste PCR negativo para covid-19, realizado em até 72 horas antes da chegada. Além disso, os visitantes devem preencher o “Traveler Entry Form”.

Que tal um passeio de balão na Turquia

No caso dos brasileiros, ainda pode ser necessário realizar um novo teste PCR ao desembarcar na Turquia. Da mesma forma, esses viajantes podem ser submetidos a uma quarentena obrigatória de 14 dias.

Alemanha

A Alemanha é mais um dos vários países da Europa que estão recebendo brasileiros durante a pandemia. Assim, quem já tomou as duas doses da vacina pode entrar no país sem a necessidade de realizar quarentena. Contudo, são aceitos apenas os imunizantes da Janssen, AstraZeneca, Pfizer e Moderna.

Já podemos visitar Berlim

Infelizmente, a Coronavac não é aceita pelo governo alemão. Por fim, quem já está imunizado com as duas doses da vacina não tem necessidade de apresentar teste PCR negativo para Covid-19. As regras para entrar no país estão mudando com frequência, por isso é importante ficar atento ao site da embaixada.

Camboja

Localizado no Sudoeste Asiático o Camboja tem vizinhos bem famosos como a Tailândia, Vietnã e Laos. Contudo, nos últimos anos o país tem atraído turistas de vários lugares para conhecer as suas praias paradisíacas, provar da culinária com influência francesa, visitar os museus e claro ver o maior templo do mundo, o Angkor Wat.

Embora o Camboja seja um destino barato, após a reabertura das fronteiras o país está fazendo uma série de exigências que além de dificultar, encarece a viagem. Assim, para visitar o país durante a pandemia é preciso apresentar teste PCR com resultado negativo realizado em até 72 horas antes do desembarque.

Templo Angkor Wat no Camboja

Da mesma forma, é preciso contratar um seguro viagem com cobertura mínima de US$ 50 mil. Além disso, os visitantes devem fazer um depósito de US$ 2.000,00 — aproximadamente R$ 10.651,40 — para cobrir eventuais despesas médicas e outras taxas. Por fim, se algum dos passageiros do voo estiver contaminado todos os demais serão obrigados a realizar quarentena de 14 dias.

Bélgica

Famosa por suas cidades medievais, arquitetura renascentista e uma gastronomia regada a deliciosos chocolates, waffles e cervejas, a Bélgica é um dos países que estão recebendo brasileiros. Contudo, para visitar esse destino é preciso cumprir algumas exigências. A primeira delas é estar completamente vacinado há pelo menos 14 dias.

O país está aceitando viajantes que tomaram as vacinas AstraZeneca, Janssen, Pfizer ou Moderna. Além disso, é necessário apresentar um teste RT-PCR com resultado negativo, realizado em até 72 horas antes da chegada. O resultado do teste deve estar traduzido para o inglês, francês, alemão ou holandês.

Também é possível apresentar o exame de antígeno, desde que o mesmo tenha sido realizado em até 36h antes do desembarque. Da mesma forma, os visitantes precisam preencher o Passenger Locator Form e encaminhar de forma eletrônica em até 180 dias antes da viagem. Por fim, menores de 18 anos, acompanhados e que ainda não estão vacinados podem entrar no país.

Outros artigos que podem interessar:

Cabo Verde

Próximo à costa noroeste da África está Cabo Verde. Conhecida como a Ilha de Sal, esse pequeno país chama a atenção de diversos turistas pelas praias de água azul-turquesa e areia branquinha. Com um clima quente, anfitriões acolhedores e o português como língua oficial, esse destino tem muitas semelhanças com o Brasil.

Buracona - Cabo Verde

Felizmente, esse paraíso está recebendo brasileiros durante a pandemia. Para visitar o arquipélago, basta apresentar um teste PCR negativo realizado com até 72 horas de antecedência ao desembarque. Contudo, crianças de até 7 anos estão isentas dessa exigência.

Reino Unido

Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte compõem o que conhecemos como Reino Unido. Assim, esses países já estão recebendo visitantes vindos do Brasil. Mas, para isso é necessário apresentar o certificado de vacinação com as duas doses ou dose única. No momento são aceitos os seguintes imunizantes: Janssen, Pfizer-BioNTech e AstraZeneca.

Além disso, os viajantes precisam ter completado o esquema de vacinação há no mínimo 14 dias. Da mesma forma, é necessário preencher o Public Health Passenger Locator Form e apresentá-lo no check-in e desembarque. Além disso, o viajante deve agendar um teste RT-PCR para dois dias após a sua chegada. Os custos ficam a cargo do visitante. Por fim, o país vai aceitar a combinação de vacinas.  

Catar

Sede da próxima copa do mundo, o Catar é um país conhecido pela sua riqueza. Localizado no Oriente Médio, esse destino mescla turismo de luxo com uma viagem pela cultura islâmica. Assim, a capital, Doha, é uma das principais cidades procuradas pelos turistas. Por fim, a proximidade com os Emirados Árabes Unidos, podem render uma bela trip por essa região da Ásia.

Desde o dia 12 de julho de 2021 o Catar reabriu as suas fronteiras para o turismo. Dessa forma, os viajantes brasileiros podem entrar no país, desde que estejam vacinados há pelo menos 14 dias. Contudo, ainda será necessário apresentar teste PCR negativo feito em até 72 horas antes do voo sair do Brasil e realizar um novo exame ao chegar no destino.

Doha, Catar

Além disso, o Catar exige que os viajantes façam um registro no aplicativo Ehteraz com todas as informações que comprovem a imunização, em até 12 horas antes de chegar ao país. Essas informações vão ser submetidas a análise e emitida a autorização que deve ser apresentada já no check-in. 

Barbados

Entre os vários destinos do Caribe está Barbados. Além das belas praias de mar azul turquesa, esse destino que já foi colônia Britânica, é conhecido pela boa comida, pelo rum e também pela sua história. Assim, os brasileiros podem aproveitar a reabertura das fronteiras para conhecer mais esse pedacinho do Caribe.

Assim, para visitar Barbados é necessário apresentar o teste RT-PCR com resultado negativo, realizado em até 72 horas antes da chegada. Contudo, que estiver com as duas doses da vacina ou dose única, há pelo menos 14 dias, não precisa realizar o teste Além disso, os visitantes devem preencher o Immigration/Customs Form e apresentar no desembarque.

O país está aceitando todas as vacinas que foram administradas no Brasil. Entretanto, a isenção de visto para brasileiros está suspensa. Ou seja, além das exigências relacionadas a Covid-19 os passageiros precisam solicitar o visto antes da viagem.

Espanha

Madrid, Barcelona e Ibiza são alguns dos destinos mais populares da Espanha. Assim, desde o dia 24 de agosto de 2021 o país ibérico está recebendo brasileiros que estejam vacinados. Dessa forma, é necessário apresentar a comprovação de imunização com as duas doses em até 14 dias antes do embarque.

Casa Batló - Barcelona

São aceitas as vacinas da Moderna, Pfizer, AstraZeneca, Sinovac, Janssen e Coronavac/Butantã. Além disso, é preciso preencher o formulário Spain Travel Health e apresentar com o QR code ao desembarcar no país.

Panamá

Nos últimos anos esse destino tem ganhado a atenção de muitos turistas. O Panamá, em especial a sua capital, chama atenção pela mistura entre natureza e arranha-céus, história e modernidade. Da mesma forma, esse destino ganhou o apelido de nova Miami pela grande oferta de shoppings e lojas com bons preços.

Assim, os brasileiros podem aproveitar para curtir esse destino, mesmo durante a pandemia. Entretanto, para entrar no país é necessário apresentar um teste PCR ou de antígeno, realizado em até 48h, com resultado negativo. Além disso, ele deve ser traduzido para inglês ou espanhol. 

Ilha de San Blas - Panamá

Da mesma forma, pessoas que estiveram no Brasil nos últimos 15 dias devem realizar um novo teste, por conta própria, ao chegar no Panamá. Esses viajantes estão sujeitos a quarentena de 14 dias. Por fim, será necessário preencher o formulário “Declaracion Jurada de Salud” no desembarque.

Canadá

O Canadá reabriu as fronteiras para brasileiros no mês de setembro de 2021. Assim, entre as exigências, os visitantes precisam apresentar um teste RT-PCR negativo, realizado em até 72 horas antes do embarque. Além disso, é preciso ter completado o esquema de vacinação em até 14 dias antes da viagem e o certificado deve estar traduzido para o francês ou  inglês. No momento, apenas as vacinas da Moderna, AstraZeneca, Pfizer e Janssen estão sendo aceitas. Por fim, além do certificado de vacinação e teste PCR os visitantes devem preencher um formulário no site ArriveCAN com até 72 horas antes do desembarque. O comprovante de envio deve ser apresentado no embarque.

Bahamas

Localizado no Caribe, o arquipélago das Bahamas atrai milhões de turistas todos os anos. Principalmente moradores do sudoeste dos Estados Unidos por conta da proximidade. Conhecido pelas suas praias de água cristalina e areia branca, o país oferece aos seus visitantes a oportunidade de praticar atividades como mergulho, snorkel, windsurf, além de se deliciar com a culinária local e cassinos.

As Bahamas é um dos países que estão recebendo brasileiros durante a pandemia

Assim, desde o início do mês de julho as Bahamas voltaram a receber turistas internacionais. No momento, o país está na fase dois da reabertura e os visitantes não são obrigados a fazer quarentena. Entretanto, é preciso apresentar teste negativo para covid-19 emitido no máximo 7 dias antes da chegada. Essa exigência é obrigatória para crianças acima de dois anos.

Da mesma forma, quem vai para o país deve preencher o formulário Bahamas Health visa Card antes de viajar. Vale lembrar que, apesar das fronteiras abertas, muitos hotéis e resorts seguem fechados para estrangeiros e boa parte dos restaurantes ainda estão funcionando apenas no sistema delivery. Você pode obter informações atualizadas sobre o funcionamento dos serviços no site oficial do arquipélago. 

Egito

Localizado no Nordeste da África, o Egito liga este continente ao Oriente Médio. O país já foi um dos grandes centros do mundo e contribuiu muito para o avanço da ciência. Foram os antigos egípcios que desenvolveram o relógio do sol, o sistema de escrita e as primeiras técnicas agrícolas. Felizmente, esse destino incrível está recebendo brasileiro durante a pandemia.

Descubra passeios imperdíveis no Egito

Desde 1º de julho de 2020 o Egito já está recebendo voos internacionais. Assim, os visitantes vindos do Brasil devem apresentar um teste PCR realizado em até 72 horas antes da partida. O exame deve ser realizado em um laboratório credenciado e estar traduzido para o inglês ou árabe. Além disso, esse documento deve conter um QR code e carimbo do laboratório.

Entretanto, viajantes que tiverem completamente imunizados com as vacinas AstraZeneca, Janssen, Moderna, Pfizer-BioNTech, Sinopharm, Sinovac ou Sputnik V, estarão isentos de apresentar o teste PCR. Por fim, é necessário preencher um formulário de declaração de saúde, que será fornecido a bordo da aeronave.

Curaçao

A ilha holandesa localizada no Caribe também é um dos países que estão recebendo brasileiros. Para visitar Curaçao é necessário apresentar teste PCR realizado em até 48h antes da viagem. Além disso, o país exige que o passageiro tenha seguro com cobertura para Covid-19 e que preencha os seguintes formulários: Digital Immigration Card e Public Health Locator Form.

Dubai – Emirados Árabes

Localizada nos Emirados Árabes, Dubai é conhecida por ser uma das cidades mais ricas do mundo. Quem visita o lugar se encanta com o contraste entre a cultura monárquica e a modernidade da arquitetura e de seus shoppings luxuosos. Além disso, a cidade oferece museus, mesquitas, praias e quem passa por lá não pode deixar de conhecer o maior prédio do mundo, o Burj Khalifa.

Desde o dia 7 de julho os Emirados Árabes abriram as suas fronteiras e estão recebendo visitantes brasileiros. Entretanto, quem chega ao país deve apresentar um teste negativo para covid-19 realizado em até 96 horas, isto é, 4 dias antes do desembarque em Dubai. Da mesma forma, quem tiver resultado positivo para doença deverá ficar isolado durante 14 dias.

Turistas vindos do Brasil estão autorizados a visitar Dubai

As despesas deste período de quarentena deverão ser pagas pelo próprio viajante. Além disso, no desembarque os turistas serão submetidos a uma triagem para checar a temperatura e é obrigatório apresentar um seguro de saúde. No site dedicado ao turismo em Dubai é possível encontrar mais detalhes sobre visitantes estrangeiros.

Holanda

A Holanda já estava recebendo brasileiros durante a pandemia. Entretanto, era necessário cumprir uma quarentena obrigatória de 10 dias. A novidade é que desde o dia 22 de outubro não é preciso fazer essa quarentena. Por outro lado, o país conta com algumas exigências para liberar a entrada de viajantes estrangeiros.

Dessa forma, quem deseja conhecer o país precisa estar vacinado com as duas doses ou dose única há pelo menos 14 dias. Além disso, são aceitas as vacinas da AstraZeneca, Pfizer, Coronavac e Janssen. Da mesma forma, é preciso apresentar teste RT-PCR negativo para Covid-19, realizado em até 48 horas antes do embarque.  Por fim, visitantes acima de 12 anos precisam preencher uma declaração de saúde.

Colômbia

A Colômbia é o nosso caribe acessível. O país que fica localizado no extremo norte da América do Sul é muito conhecido pelas ilhas caribenhas com um preço mais em conta. Alguns dos destinos preferidos de quem busca mar calmo e águas cristalinas é San Andrés. Outro lugar que não pode faltar na sua visita é Cartagena das Índias. A cidade mistura o charme do período colonial e modernidade.

Cartagena - Colômbia

Assim, a Colômbia mudou recentemente as exigências para quem deseja visitar o país. Desde o dia 16 de julho de 2021 não é mais necessário apresentar teste PCR negativo ao chegar nesse destino. Entretanto, os visitantes precisam preencher o formulário “Check-Mig” em até 24 horas antes da partida.

Jamaica

Localizada no Caribe, a Jamaica é um país encantador, tanto pela sua beleza natural quanto pela alegria do seu povo. Na ilha é possível visitar várias cachoeiras, cavernas, bosques e claro, praias paradisíacas. Tudo isso ao som do reggae, afinal o país é o berço do ritmo e terra natal do seu maior intérprete, Bob Marley.

Diferente do que vimos em boa parte do mundo, esse destino está recebendo turistas brasileiros desde o dia 15 de junho de 2020. Atualmente, o país de quase 3 milhões de habitantes tem 737 casos de coronavírus confirmados e 10 mortes. Talvez, por esse motivo, o governo da Jamaica permitiu que as pessoas voltassem a trabalhar.

A Jamaica está recebendo turistas desde junho

Da mesma forma, autorizou a reabertura de bares com restrição de capacidade. Assim, vai para a Jamaica, deve preencher e submeter um formulário de autorização para entrada no país, além de realizar teste para covid-19 no desembarque. Quem tiver resultado positivo deverá ficar em quarentena por no mínimo 14 dias.

Por fim, o país tornou obrigatório o uso de máscaras em áreas públicas e proibiu a reunião de grupos com mais de 10 pessoas. Para preencher o formulário e checar hotéis, pousadas e resorts disponíveis você pode visitar o site oficial de turismo do país. Lá é possível encontrar informações mais específicas de acordo com o tipo de acomodação.

França

Romance, gastronomia e paisagens incríveis, a França tem o combo perfeito para uma viagem romântica. Em Paris, o que não faltam são atividades para se fazer a dois. Pode ser um piquenique em um dos parques da cidade, um jantar à luz de velas em um passeio pelo Sena, uma visita aos museus ou apenas ver a vida passar em um dos inúmeros cafés.

Assim, desde o dia 20/07/2021 a França entrou para lista de países que estão recebendo brasileiros durante a pandemia. Entretanto, apenas turistas vacinados podem visitar este destino. Dessa forma, quem tomou a dose única deve apresentar um comprovante de que a imunização aconteceu em até 28 dias antes da chegada.

Paris - França

Porém, quem tomou uma vacina em duas doses deve apresentar um comprovante de imunização emitido em até 7 dias antes da chegada à França. Vale ressaltar que até o momento são aceitos os seguintes imunizantes: AstraZeneca, Covishield, Moderna ou Pfizer-BioNTech. Por fim, é necessário mostrar um teste PCR com resultado negativo, feito em até 48 horas antes da viagem.

Peru

Os brasileiros também já podem visitar o país vizinho, Peru. Entre as exigências é necessário apresentar o certificado de vacinação com as duas doses ou teste com resultado negativo para Covid-19, realizado com até 72 horas de antecedência. Além disso, os visitantes precisam preencher o formulário Declaración Jurada de Salud y Autorización de Geolocalización 3 dias antes da chegada. 

O Peru está aceitando diversos tipos de teste para Covid-19, entre eles: 

  • CRISPR;
  • HDA;
  • LAMP;
  • LampORE;
  • MPOCT;
  • NAAT;
  • NEAR;
  • NGS;
  • PCR;
  • RTLamp;
  • RT-PCR;
  • RealTimeRTPCR;
  • SDA;
  • TMA;
  • TRC;
  • WGS;
  • Orf1abgenedetection;
  • Egenedetection;
  • Ngenedetection;
  • Rdrpgenedetection ou Sgenedetectio

Maldivas

Destino de muitos casais, as Ilhas Maldivas são o cenário perfeito para o romance. O arquipélago localizado no Oceano Índico é rodeado de praias paradisíacas com água cristalina e lindos recifes. Conhecido por ser um lugar de luxo, visitar esse país é relativamente barato, sendo a passagem aérea o item mais caro da viagem.

Assim, os brasileiros que pretendem visitar as Maldivas terão entrada autorizada a partir de 15 de julho de 2020. A princípio, apenas as ilhas não habitadas poderão ser visitadas. Entretanto, as localidades habitadas só vão receber turistas a partir de 1º de agosto. O país não vai exigir que os viajantes realizem o teste antes de desembarcar e nem que façam quarentena.

Um dos destinos mais procurados por casais vai receber brasileiros a partir de 15 de julho

Contudo, pessoas que tiveram contato com infectados em um período inferior a 14 dias ou que apresentem alguns dos sintomas da doença, vão ser submetidos ao teste para covid-19. Se o resultado for positivo serão imediatamente colocados em quarentena. Por fim, o uso de máscaras em áreas públicas é obrigatório. É possível obter mais informações no site oficial do país.

Israel

Israel foi um dos últimos países do Oriente Médio a aceitar a entrada de turistas brasileiros. Assim, entre as exigências os viajantes devem apresentar teste RT-PRC negativo, traduzido em inglês e com o número do passaporte, realizado em até 72 horas. Comprovante de vacinação completa há pelo menos 14 dias e formulário Entry Statement realizado 24h antes do embarque do último voo para Israel.

Esse formulário vai gerar um “Green Pass” que os passageiros devem apresentar durante o check-in. Além disso, o visitante deve ter seguro com cobertura para Covid-19. Por fim, na chegada ao país o turista será obrigado a realizar um teste RT-PCR que custa ILS 100 ou ILS 80 se agendado com antecedência.

Croácia

A Croácia é um país da Europa Oriental formado por um conjunto de mais de mil ilhas. Além de ter ficado famoso por servir de cenário para a série Game of Thrones, o país tem praias paradisíacas que deixam qualquer um boquiaberto. Assim, que tal aproveitar que o destino está recebendo brasileiros e curtir o verão europeu?

AssAssim, para entrar no país é necessário apresentar teste PCR negativo, realizado em até 48 horas antes da chegada. Além disso, o viajante deve preencher dois formulários. O primeiro é o “Enter Croatia Form” que deve ser submetido antes da viagem. Já o “Passenger Locator Form” deverá ser apresentado no desembarque. Por fim, é possível que brasileiros sejam submetidos a uma quarentena obrigatória de 14 dias.

México

O México é um país da América do Norte, mas que fica muito próximo da América Central e do Caribe. Por esse motivo o destino atrai muitos visitantes que buscam as belas praias do Pacífico, montanhas, desertos, além de uma cultura riquíssima, muito bem representada pela culinária, tradições e o passado dos povos Maia que habitaram essa região.

Com tantos atrativos é de se esperar que muitas regiões do México tenham no turismo a sua principal fonte de renda. Por esse motivo, o governo do país decidiu receber turistas em algumas localidades como Cozumel, Cancun e Riviera Maya.

No México, algumas cidades estão recebendo turistas brasileiros

Além disso, o país lançou uma campanha de incentivo — chamada Ven al Caribe Mexicano X2 — que oferece reembolso de passagens aéreas e diárias gratuitas em hotéis. A principal exigência aos visitantes brasileiros é que usem máscaras em áreas públicas. Vale ressaltar que o México é o quinto país com mais casos de coronavírus no mundo.

Portugal

A terrinha é outro destino muito procurado por brasileiros, além de ser uma “porta de entrada” mais tranquila para visitar outros países da Europa. Assim, desde 1º de setembro Portugal voltou a receber turistas vindos do Brasil. Inclusive, não há exigência de comprovar a vacinação. Por outro lado, os visitantes devem apresentar teste PCR negativo, realizado em até 72 horas antes do desembarque.

Portugal também aceita testes rápidos. Contudo, é preciso se certificar de que o exame consta na lista de testes aprovados pelo Comitê de Segurança da Saúde da União Europeia. Além disso, precisa constar a identificação do viajante, nome do teste, fabricante, data, hora e local do exame. Por fim, é necessário preencher o formulário Passenger Locator Card (PLCe).

Ilhas Maurício

Localizada no continente africano, no meio do Oceano índico, as Ilhas Maurício são um país conhecido pelas suas praias de cor estonteante, lagoas e recifes. Assim, esse é o destino perfeito para quem deseja passar alguns dias curtindo sombra e água fresca. Além disso, o arquipélago está recebendo brasileiros durante a pandemia. 

O país voltou a receber visitantes no dia 15/07/2021. Entretanto, a retomada do turismo nas Ilhas Maurício vai acontecer em duas fases. Assim, até o dia 30 de setembro, apenas quem estiver totalmente vacinado poderá reservar um dos hotéis selecionados pelo governo para cumprir a quarentena obrigatória. Esses visitantes ainda serão testados na chegada, 7º e 14º dia da quarentena.

Ilhas Maurício

Após esse período, será possível circular livremente. Já a segunda etapa começa em outubro, os visitantes que estiverem vacinados com as duas doses ou dose única vão poder circular livremente no país. Entretanto, ainda será necessário apresentar um teste PCR negativo, realizado em até 72 horas.

Marrocos

Quem busca conhecer a cultura árabe certamente deve saber que visitar o Marrocos é fundamental. Assim, quem vai ao país consegue perceber os costumes árabes na arquitetura, comida e religião. Entre as cidades mais visitadas estão Marrakech e Casablanca. Além de conhecer as mesquitas, os tradicionais mercados de tecido, cerâmica e joias, os visitantes viverão a experiência de passar uma noite no deserto.

Deserto do Saara - Marrocos

Desde o dia 07 de julho de 2021 o país não está mais exigindo quarentena obrigatória para brasileiros vacinados. Entretanto, para essa nova regra o visitante deve ter completado a imunização em até 14 dias antes da viagem. As vacinas aceitas são: Pfizer, AstraZeneca, Janssen, Covishield, Sputnik V e Coronavac.

Além disso, será necessário apresentar teste PCR com resultado negativo, realizado em até 48 horas do embarque. Esse documento deve estar traduzido para árabe, inglês ou francês. Por fim, o visitante também deve preencher e imprimir o “Public Health Passenger Form” para apresentar na chegada.

República Dominicana

Um dos destinos mais baratos do Caribe, a República Dominicana atrai milhões de turistas para conhecer as suas belas praias e curtir a energia do seu povo. O país também é berço de ritmos como o merengue, reggaeton e bachata. O destino mais procurado por lá é a cidade de Punta Cana, com seus resorts, cassinos e muita diversão.

Desde julho de 2020 o país já estava recebendo brasileiros durante a pandemia. Entretanto, com o início da vacinação no mundo, agora os visitantes que já tiverem completado as duas doses da vacina em até 21 dias antes da chegada estão liberados para entrar na República Dominicana.

El Morro - Republica Dominicana

Além disso, os visitantes devem preencher o formulário “Electronic Ticket”. Por meio dela será gerado um QR Code que deve ser apresentado no desembarque. Por fim, quem ainda não tomou a vacina contra o coronavírus, deve apresentar um teste PCR com resultado negativo, realizado em até 72 horas antes da chegada.

Tunísia

No Norte da África, no Mar Mediterrâneo fica a Tunísia. O país ainda não é tão popular entre os brasileiros, mas já está recebendo turistas do Brasil. Assim, para visitá-lo é preciso apresentar teste RT-PCR com resultado negativo, realizado em até 72 horas antes do embarque. O resultado do teste precisa ter um QR Code e deve estar traduzido para o inglês, francês ou árabe.

Da mesma forma, é necessário preencher o Health Declaration, pois a partir dele vão ser gerados documentos que precisam ser apresentados na chegada. Passageiros vacinados há pelo menos 14 dias ou 28 no caso da Janssen estão isentos da quarentena. Os demais, estão sujeitos a novo teste e quarentena de 7 dias em um hotel designado pelo governo.

Argentina

O país hermano é o destino de muitos brasileiros. Não só pela proximidade, mas também pelas atrações que a Argentina oferece. Há algum tempo as fronteiras da nação estavam fechadas para a entrada de estrangeiros. Contudo, no final de setembro o governo argentino anunciou que voltaria a receber visitantes vindos do Brasil.

El Caminito - Buenos Aires

Assim, desde o dia 1º de outubro de 2021 está liberada a entrada de turistas no país. Contudo, para poder cruzar a fronteira os brasileiros precisam apresentar certificado de vacinação completa há pelo menos 14 dias. Além disso, será necessário realizar um teste PCR com resultado negativo para Covid-19 em até 72 horas antes do desembarque.

O país não divulgou se há alguma vacina que não será aceita. Além disso, estuda a possibilidade de adotar outras medidas para garantir a segurança sanitária. Como por exemplo, a realização de novos testes PCR no 5º ou 7º dia após a chegada.

Suíça

A Suíça é um país da Europa Central, conhecido por seus lagos, picos, vilas e os famosos alpes, próprios para esportes na neve. Além da beleza nas paisagens, esse pequeno lugar encanta pela sua gastronomia. Por lá são produzidos alguns dos melhores queijos e chocolates do mundo.

Assim, desde o dia 23 de junho de 2021 a Suíça está recebendo brasileiros durante a pandemia. Entretanto, apenas visitantes vacinados podem visitar o país nesse momento. Dessa forma, quem completou a vacinação com doses da Pfizer, Moderna, Janssen, AstraZeneca, Sinovac e Coronavac/Butantã não vão precisar apresentar teste PCR.

Por outro lado, quem tomou a vacina da Janssen deve aguardar 22 dias para realizar a viagem. Essa exigência é válida apenas para pessoas acima de 16 anos. Assim, crianças e adolescentes não precisam comprovar vacinação e nem realizar teste, desde que estejam viajando com pais imunizados. Por fim, todos devem preencher um formulário com local de hospedagem e contato.

Tailândia

A Tailândia já era um lugar muito buscado por viajantes mochileiros, mas ultimamente caiu no gosto de casais em lua de mel. O país ainda é conhecido pelas praias paradisíacas de lugares como Phuket, Ilhas Phi Phi e Patong em contraste com a capital super moderna Bangkok. Além disso, está recebendo brasileiros durante a pandemia.

Ilhas Phi Phi - Tailândia

Assim, para entrar no país é preciso apresentar teste PCR negativo, realizado em até 72 horas antes do primeiro embarque. Além disso, esse documento deve estar traduzido para o inglês. Os viajantes também devem ter um seguro com cobertura de no mínimo USD 100.000,00. Outra exigência é o cumprimento de uma quarentena de 15 dias.

Para essa quarentena, os visitantes devem reservar um hotel autorizado pelo governo tailandês. Por fim, é necessário emitir o Certificado de Entrada (COE), apresentar um atestado médico que comprove que você tem condições de viajar e baixar o app Thailand Plus.

Polinésia Francesa

Por fim, o único país que está recebendo brasileiros na Oceania é a Polinésia Francesa. Assim, para visitar esse destino é necessário solicitar uma autorização prévia de viagem. Além disso, é preciso apresentar um teste RT-PCR negativo, realizado em até 72 horas ou teste de antígeno, feito com 48h de antecedência.

Quem completou as duas doses da vacina em até 14 dias antes do embarque está isento de quarentena. Os demais estarão sujeitos a quarentena de 10 dias e novo teste por conta própria. Até o momento as vacinas aceitas são: AstraZeneca, Janssen, Moderna ou Pfizer-BioNTech.

Da mesma forma, é preciso preencher o ETIS Application com 30 a 6 dias antes do embarque, pois será gerado um QR Code que deve ser apresentado na chegada ao país.  Além disso, os visitantes devem preencher uma declaração juramentada.

Outros países que estão recebendo brasileiros durante a pandemia

Neste post apresentamos 35 países que estão recebendo brasileiros durante a pandemia. Contudo, o número de destinos com fronteiras abertas para nós continua crescendo, o que é um bom sinal. Por esse motivo, listamos aqui outras nações que estão aceitando turistas vindos do Brasil nesse momento.

  • Afeganistão;
  • Albânia;
  • Andorra;
  • Angola;
  • Antígua e Barbuda;
  • Armênia;
  • Aruba;
  • Bahrein;
  • Belize;
  • Benin;
  • Bermudas; 
  • Bielorrúsia;
  • Bolívia;
  • Bósnia e Herzegovina;
  • Butão;
  • Burkina Faso;
  • Camarões;
  • Chade;
  • Comores;
  • Congo;
  • Coréia do Sul;
  • Costa do Marfim;
  • Costa Rica; 
  • Cuba;
  • Dominica;
  • El Salvador;
  • Equador;
  • Escócia;
  • Eslovênia;
  • Etiópia;
  • Gabão;
  • Gâmbia;
  • Gana;
  • Granada;
  • Guatemala;
  • Guiana;
  • Guiné;
  • Guiné-Equatorial;
  • Guiné-Bissau;
  • Haiti;
  • Honduras;
  • Irlanda;
  • Irã;
  • Iraque;
  • Jordânia;
  • Kosovo;
  • Lesoto;
  • Líbano;
  • Libéria;
  • Macedonia do Norte;
  • Malawi;
  • Mali;
  • Mauritânia;
  • Micronésia;
  • Namíbia;
  • Nicarágua;
  • Niger;
  • Nigéria;
  • Paraguai;
  • Peru;
  • Polinésia Francesa;
  • Porto Rico;
  • Quênia;
  • República Centro-Africana;
  • Ruanda;
  • Saint Martin;
  • Samoa;
  • Santa Lúcia;
  • São Tomé e Príncipe;
  • São Vicente e Granadinas;
  • Serra Leoa;
  • Sérvia;
  • Sudão;
  • Tanzânia;
  • Togo;
  • Tunísia;
  • Turcas e Caicos;
  • Ucrânia;
  • Uganda;
  • Zâmbia;
  • Zimbábue.

Nós, você e o mundo inteiro não vemos a hora de toda essa situação acabar para que possamos voltar a ir e vir com tranquilidade e segurança em nossas viagens. Como vimos neste post, já existem países que estão recebendo brasileiros durante a pandemia. Entretanto, para realizar essas viagens é preciso muito cuidado e atenção. Afinal, o que queremos trazer na bagagem são boas lembranças, não é mesmo? 

Agora conta pra gente, você fez alguma viagem internacional durante a pandemia? Como foi essa experiência?

Texto publicado originalmente em novembro de 2020 e atualizado desde então.