Como a oscilação do dólar afeta o seu acúmulo de milhas?

Descubra já qual a relação entre o valor do dólar e as suas milhas

Que a oscilação do dólar afeta toda a dinâmica do mercado financeiro você provavelmente já sabe. Entretanto, o que quase ninguém te conta é que a movimentação da moeda também afeta diretamente o seu acúmulo de milhas. 

Quem acompanha o nosso blog com certeza já aprendeu que milhas é dinheiro. Sendo assim, boa parte das alterações de mercado no cenário nacional e mundial tendem a impactar positiva ou negativamente o mundo das milhas. Por isso, o Império traz hoje tudo o que você precisa saber sobre a relação entre a oscilação do dólar e o seu acúmulo de milhas.

E se você ainda está engatinhando neste universo cheio de possibilidades que é o mercado das milhas, não deixe de conferir: 

Por que o dólar oscila tanto?

Apesar de parecer uma resposta simples, a variação constante da moeda está diretamente atrelada à oferta e demanda do mercado financeiro. A alta do dólar normalmente está atrelada a três motivos: o déficit da balança comercial, a quantidade de gastos no exterior e os juros altos nos Estados Unidos da América. Já a desvalorização da moeda costuma estar ligada a fatores como o superávit comercial, a entrada de receitas estrangeiras no país e o aumento dos juros nacionais. 

Diferentemente do que muitos acreditam, a oscilação do dólar não afeta apenas os viajantes que estão em busca de passagens e câmbio. A moeda estadunidense é a régua monetária do planeta. Portanto, a sua variação implica em impacto direto no dia a dia do brasileiro, pois incide em empresas, indústrias, importadores, etc.

O mercado financeiro é extremamente volátil e muitos fatores internos e externos influenciam nessas movimentações. Contudo, o que mais importa é entender que essas oscilações geram impactos consideráveis na economia nacional em todos os âmbitos. Logo, com as milhas não seria diferente. Entenda o porquê!

Relação entre a oscilação do dólar e o acúmulo de milhas

A primeira coisa a se pensar é: qual a ferramenta que utilizamos para acumular milhas? A resposta da maioria das pessoas, sem sombra de dúvidas, vai ser o cartão de crédito. Você que nos acompanha por aqui provavelmente já sabe que a maioria dos plásticos costumam pontuar por dólar gasto. Ou seja, quanto maior o valor da moeda, menos pontos serão acumulados. Vamos a um exemplo prático:

Suponhamos que o plástico X acumule 3 pontos em um programa de fidelidade a cada  dólar gasto em compras. Logo, o usuário que pretende realizar uma compra no valor de R$500,00 acumularia 100 pontos com o dólar custando R$5,00. Em contrapartida, se o dólar subisse, passando a custar R$7,00, seriam acumulados apenas 71 pontos pela mesma compra. 

Ou seja, a oscilação do dólar interfere diretamente no seu acúmulo de pontos!

A oscilação do dólar e a compra e venda de milhas

Assim como no caso anterior, a compra e venda de milhas também é afetada diretamente pela variação da moeda norte-americana. Isso ocorre porque a maioria das empresas especializadas em realizar este tipo de transação utilizam o dólar como régua para realizarem as suas cotações e precificação. 

Sendo assim, com a alta do dólar é muito comum que o valor dos milheiros suba também. Por isso, é essencial que você possua uma visão de mercado completa e saiba realizar uma boa análise antes de realizar uma compra de milhas.  

Impactos da oscilação no mercado das milhas

Mesmo que você realize apenas transações nacionais, o valor da moeda americana irá influenciar no seu acúmulo de milhas e em todos os outros níveis de consumo e compra. É comum que com a alta do dólar os milheiros fiquem mais caros e seja um pouco mais difícil acumular pontos através do cartão de crédito, como já explicamos.

Por isso, não é difícil ver como alguns usuários diminuem consideravelmente o seu acúmulo em momentos de instabilidade macroeconômica. Entretanto, não precisa se assustar! É plenamente possível continuar lucrando mesmo com essas variações de mercado. Portanto, acompanhar as mudanças e aproveitar as boas oportunidades e promoções é essencial para que as suas compras sejam, de fato, vantajosas. 

Aprenda a ganhar dinheiro com milhas 

Sabia que através das milhas você pode fazer uma renda extra de até R$3.000,00 por mês? Aprenda conosco a vender as suas milhas de forma prática e segura e comece a ganhar dinheiro. 

No curso Como Vender Milhas você terá acesso às melhores estratégias para comercializar pontos. Portanto, clique aqui e descubra o melhor método para ganhar dinheiro com milhas. 

Will Bank ainda é confiável em 2024? As melhores ilhas da Bahia para conhecer em 2024 Lagoa da Pampulha: Conheça o cartão postal de BH TOP 7 melhores bares do mundo