Lugares para viajar no Brasil: 7 destinos incríveis

Quando o assunto é viajar, o Brasil figura como um dos lugares mais procurados mundialmente. Segundo dados do Ministério do Turismo, no ano passado, o país recebeu 3,63 milhões de turistas internacionais e as atividades turísticas aumentaram 34,5% no mesmo período.  

Quem nos acompanha, sabe que gostamos muito de falar sobre viagens. Não há nada melhor do que conhecer destinos maravilhosos e espetaculares. E o que não falta aqui são lugares deslumbrantes que valem muito a pena conhecer.

Desde praias paradisíacas a centros históricos, o Brasil é um país cheio de belezas naturais e de proporções continentais. Do Oiapoque ao Chuí, é possível encontrar cidades encantadoras em todo o território brasileiro. Por isso, resolvemos fazer esse artigo para você conhecer os 7 melhores lugares para viajar no Brasil, sua história e as melhores épocas para visitar. 

Continue a leitura conosco!

Lugares para viajar no Brasil: 7 destinos incríveis

1) Serra da Capivara (PI)

Serra da Capivara, um dos lugares para viajar no Brasil

Começamos a lista dos melhores lugares para viajar no Brasil com o maior sítio arqueológico do país. O Parque Nacional Serra da Capivara foi fundado no dia 5 de junho de 1979 e se localiza no sudeste do Piauí, no semiárido nordestino. Desde 1991, a Serra da Capivara possui o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, dado pela UNESCO.

Com a fauna e flora características da caatinga, o parque é a mais antiga e a maior área de sítios pré-históricos das Américas. São mais de mil sítios cadastrados, a maioria deles tendo pinturas rupestres e demais vestígios arqueológicos. O mais célebre é a Toca do Boqueirão da Pedra Furada. 

Como chegar

Você pode chegar na Serra da Capivara pelo aeroporto de São Raimundo Nonato. No final do ano passado, a Azul inaugurou um voo que liga a cidade a Recife e Petrolina. São duas rotas semanais, às quintas e aos domingos, realizadas por aeronaves ATR 600 (com capacidade de transportar 70 passageiros).

Também é possível voar até Teresina ou Petrolina e ir para a Serra da Capivara de carro, transfer ou ônibus. A capital piauiense fica a 500km de estrada, enquanto Petrolina fica a 300km. 

Quando ir

A melhor época para visitar a Serra é durante os meses de maio a setembro, quando o clima fica mais seco e dá para aproveitar bastante os passeios ao ar livre. Vale ressaltar que a Serra da Capivara se localiza na Caatinga, ou seja, durante a maior parte do ano as temperaturas ficam elevadas. Recomendamos que você use roupas leves, protetor solar, chapéu e tenha bastante água para não desidratar. 

2) Chapada Diamantina (BA)

Falando dos melhores lugares para viajar no Brasil, você já foi à Bahia? Se ainda não foi, vá, pois quem um dia foi, nunca mais quer voltar. Assim dizia Dorival Caymmi ao retratar as belezas do estado. E falando nisso, um dos destinos incríveis da nossa lista se encontra em terras baianas, a Chapada Diamantina, localizada no coração da Bahia. O território da chapada abrange 24 municípios, uma área de 32.407,36 km² e fica a 420 km de distância de Salvador.  

A Chapada é ideal para todos os tipos de viagem que você desejar. Para quem gosta de turismo ecológico e trilhas, é um verdadeiro paraíso. Sem contar o turismo de aventura, com grutas, cachoeiras, platôs e vales. Um dos passeios imperdíveis é o Poço Azul, águas tão cristalinas e de uma tonalidade impressionante. O melhor período para visitar é entre maio e setembro. 

Como chegar

Lençóis é praticamente o portão de entrada da Chapada. É onde fica o Aeroporto de Lençóis. Duas vezes na semana, a Azul opera voos para o terminal. Além do transporte aéreo, é possível ir de carro ou ônibus. A viagem terrestre é longa, mas em contrapartida vale a pena observar pela janela os morros e as serras dando boas vindas. 

Quando ir

Bom, o ano todo. A Chapada Diamantina é um dos destinos que combina com todas as estações. Os meses de chuva são entre novembro e março, enquanto o período de seca vai de abril a outubro. 

3) Chapada dos Veadeiros (GO)

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros foi criado em 1961, no estado de Goiás. Ele fica localizado entre as cidades de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante, Teresina de Goiás, Nova Roma e São João d’Aliança. Mas para entrar no parque, você tem que ir até o distrito de São Jorge (36 km de distância de Alto Paraíso de Goiás), onde você encontra mais opções de hospedagem, restaurantes e serviços turísticos. 

Desde 2001, a Chapada é considerada Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO por causa da grande biodiversidade. O Parque concentra mais de 240.611 hectares de cerrado e abriga diversas espécies de animais silvestres. Sem contar suas paisagens deslumbrantes com as cachoeiras e cânions. Definitivamente, um dos principais atrativos do local é a Cachoeira Santa Bárbara pelas águas azuis.

Sendo assim, a Chapada dos Veadeiros é outra opção imperdível para quem se interessa pelo ecoturismo. Por fim, é necessário pagar uma taxa na entrada, pela preservação do parque. Confira os valores:

  • Ingresso: R$40,00;
  • Ingresso com desconto: R$32,00;
  • Ingresso de meia entrada: R$20,00;
  • Moradores da região: R$4,00.

Como chegar

O transporte terrestre é a única forma de conseguir chegar na entrada da Chapada, em São Jorge. Os aeroportos mais próximos da região são o de Brasília, que fica localizado a 235 km de Alto Paraíso de Goiás, e o de Goiânia, situado a 425 km de Alto Paraíso. Pela distância, é mais viável ir para a capital federal, e de lá, seguir caminho até a Chapada. 

Feito o desembarque no Aeroporto de Brasília, é só completar a viagem de carro. Primeiro indo pela BR-020, em direção à Formosa-GO, por 40 km. Depois, o viajante pegará a BR-010, sentido Alto Paraíso, por mais 167 km. No entanto, atenção num detalhe: cruzando a fronteira entre Distrito Federal e Goiás, a BR-010 passa a se chamar GO-118.

Por fim, chegando em Alto Paraíso, vire à esquerda em direção a São Jorge e siga pela GO-239 até a entrada do Parque. 

Quando ir

O Parque pode ser visitado durante o ano todo. A região tem duas estações bem definidas: o período de seca, que vai de maio a outubro, e o período de chuvas, que vai de novembro a abril. Portanto, podemos dizer que os melhores meses para visitar a Chapada dos Veadeiros são durante abril e julho, o período de “intercessão”. 

4) Jalapão (TO)

O quarto item da nossa lista de melhores lugares para viajar no Brasil fica na região norte do país, mais especificamente no estado do Tocantins. O Jalapão se encontra perto da divisa com Maranhão, Piauí e Bahia e abrange uma área de 34 mil km² de cachoeiras, rios, dunas, nascentes e chapadões de tirar o fôlego. 

Dentro da região, há várias instituições com o propósito de promover a preservação ambiental, como o Parque Estadual do Jalapão, o maior parque estadual do Tocantins. A beleza do Jalapão é tanta que já serviu de cenário cinematográfico para O Outro Lado do Paraíso, novela do horário nobre da Globo.  

O principal atrativo do Jalapão são suas piscinas naturais, ou melhor dizendo, os fervedouros. Neles, você não consegue afundar, de jeito nenhum. O fenômeno natural acontece por conta da pressão exercida pela água do lençol freático. Dessa forma, quem entra nessas piscinas fica flutuando o tempo todo. O mais famoso é o fervedouro Bela Vista, considerado o mais bonito da região. 

Foto: Jamie Ditaranto

Como chegar

A melhor forma de chegar ao Jalapão, claro, é com o transporte terrestre. No entanto, não é um caminho fácil. Antes de tudo, você precisará ir até a capital tocantinense. O aeroporto de Palmas é o mais próximo do Jalapão, e os voos diretos para lá partem das cidades de São Paulo, Belo Horizonte e Brasília. 

Saindo de Palmas, o caminho é asfaltado até Ponte Alta do Tocantins. Se você está indo por conta própria, vai precisar de um veículo com tração nas quatro rodas para continuar o trajeto. Já se você for acompanhado de uma agência, guia particular ou transfer com experiência em transitar naquela área, não se preocupe. 

Quando ir

Nossa principal dica é visitar o Jalapão em meses sem chuva. Como mencionamos anteriormente, parte da viagem será num trecho sem asfalto. Passar por lá em período de chuvas vai dificultar bastante a sua trip. Por isso, escolha entre os meses de seca, ou seja, de maio a setembro. 

5) Jericoacoara (CE)

Dona de um dos melhores pores do sol do mundo, Jericoacoara é um dos melhores lugares para viajar no Brasil. A praia cearense ficou famosa globalmente após aparecer numa matéria do jornal estadunidense Washington Post, em 1987. Na época, não havia nem eletricidade nem hotéis na região. Assim, Jeri (como é chamada pelos mais chegados) se tornou um dos destinos preferidos dos turistas. 

A antiga vila de pescadores é atualmente conhecida pelas paisagens deslumbrantes das dunas, das lagoas de água cristalina, das praias e das falésias. No ano passado, nós falamos do espetáculo da Duna do Pôr do Sol, o maior atrativo de Jeri. Por conta de sua localização, no extremo norte cearense, o sol se põe no mar. 

Para quem quiser visitar a Pedra Furada, recomendamos visitar a praia no mês de julho. É quando o sol se põe dentro do arco. 

Como chegar

O acesso ao local melhorou muito, se compararmos com a década de 1980 (quando a matéria do Washington Post foi publicada). Hoje, você pode chegar em Jeri pelo Aeroporto Regional de Jericoacoara – Comandante Ariston Pessoa. O terminal fica na cidade de Cruz, na rodovia CE 085. 

Apesar do porte pequeno, o aeroporto reduziu bastante a distância. Quem antes atravessava 300 km de Fortaleza até Jericoacoara, agora pode viajar por simples 33 km. As principais cias aéreas operam no terminal, ou seja, você pode encontrar voos da GOL, da LATAM, da Azul, e até da VoePass – que faz o translado da capital cearense até Jeri. Os trechos conectam a cidade a São Paulo, Belo Horizonte e Recife. Após o desembarque, você pode ir até a vila de Jericoacoara com transfer, táxi, ou um carro fretado. 

Quando ir

Pela proximidade com a Linha do Equador, há dias ensolarados o ano todo em Jericoacoara. Ou seja, você pode visitar as praias em qualquer estação. No entanto, há o período de alta temporada, quando a região é mais procurada. Entre julho e janeiro, vários turistas são atraídos ao local. Já entre fevereiro e maio, Jeri fica um pouco mais vazia. 

6) Arraial do Cabo (RJ)

Foto: Ângelo Caravelos

Por causa das suas praias deslumbrantes, Arraial do Cabo ganhou a alcunha de Caribe brasileiro. E o apelido não é à toa. Um dos melhores lugares para viajar no Brasil, a cidade do litoral carioca tem uma posição privilegiada. Ela fica localizada na região onde o Oceano Atlântico se encontra com a corrente de águas frias das Malvinas. Todos os anos, essa cidade de 30 mil habitantes atrai turistas de todos os cantos do mundo. 

Além do charme encantador, Arraial do Cabo tem muita história. Foi por ali que a expedição de Américo Vespúcio aportou. Até hoje, é possível ver vestígios do período colonial na cidade, como por exemplo, a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios – templo no qual foi celebrada a primeira missa coberta do país. 

Entre as praias mais famosas da cidade, está a Praia do Farol. Ela só é acessível por barco, mas vale muito a pena mergulhar em suas águas cristalinas. Outra praia conhecida é a Praia do Pontal do Atalaia, com piscinas naturais por conta de suas rochas. 

Como chegar

Chegar em Arraial do Cabo não é difícil. Há tanto trajeto aéreo quanto terrestre. Se optar pelo primeiro, você pode desembarcar no Rio de Janeiro e seguir viagem de ônibus ou carro. A distância da capital para Arraial do Cabo é em torno de 165 km – o que dá 2h35 min de viagem. 

No entanto, obviamente o fluxo nesse trajeto fica mais intenso nos finais de semana e em feriados prolongados. Além disso, você também pode desembarcar nas cidades vizinhas de Búzios e Cabo Frio, visto que as duas têm aeroporto. 

Quando ir

Arraial do Cabo tem o clima ameno durante todo o ano. Nos meses de dezembro a março, as chuvas são mais frequentes, mas elas são ótimas para dar uma refrescada no calor. Já entre os meses de maio a agosto, o clima é mais seco. 

7) Bonito (MS)

Foto: Caio Vilela

Esse destino é autoexplicativo. Considerada a capital do ecoturismo nacional, Bonito fica localizada no oeste do Mato Grosso do Sul, pertinho da fronteira com o Paraguai, e fica a 297 km de distância de Campo Grande (capital sul-mato-grossense). Tendo o turismo como principal atividade econômica, a cidade é bem conhecida por suas belezas naturais. 

O que mais chama atenção em Bonito são suas águas cristalinas, ideal para quem gosta de praticar mergulho. Os dois pontos turísticos mais famosos da cidade são o Rio Sucuri, onde você pode praticar flutuação e ver a fauna de perto. E a Gruta da Lagoa Azul, que é apenas para contemplação. O mergulho na gruta não é permitido por questões de segurança. 

Como chegar

A melhor forma é ir de avião. Bonito tem um aeroporto que fica a menos de 15 minutos do centro da cidade. Em relação às viagens, somente a Azul e a Gol possuem rotas regulares para o terminal. Os voos da Gol saem do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e são operados às quintas e aos domingos. Em contrapartida, a Azul tem voos quase diários que saem do Aeroporto de Campinas e do Aeroporto de Corumbá. 

Quando ir

O período de chuvas em Bonito é entre os meses de dezembro e março, o que coincide com o verão. Apesar das chuvas, as temperaturas ficam bem elevadas. Já a temporada seca é entre os meses de maio e agosto, pegando um pouco do outono e inverno. 

Conheça destinos incríveis com o Império

Como mencionamos anteriormente, o Brasil é cheio de lugares deslumbrantes para viajar. E para ficar mais próximo de realizar seu sonho de conhecer esses destinos incríveis, acesse o Império das Passagens. A nossa agência de viagens está sempre com os melhores pacotes e ofertas para você aproveitar. Tá esperando o quê? Entre em contato conosco através deste link e reserve a sua passagem.

Will Bank ainda é confiável em 2024? As melhores ilhas da Bahia para conhecer em 2024 Lagoa da Pampulha: Conheça o cartão postal de BH TOP 7 melhores bares do mundo