Como se proteger do furto de milhas?

Será o fim da estratégia de pagar boletos com cartão de crédito?

Você que acompanha o Império das Milhas sabe que a fórmula para alcançar um saldo recheado de milhas não é segredo algum e envolve muito esforço e disciplina aplicada nas estratégias. Assim, é fácil imaginar que todo esse esforço demanda tempo. Agora, imagine alcançar a tão sonhada carteira de pontos e de repente ver todo seu esforço perdido? Pois isso é possível, devido aos golpes que visam o furto de milhas.

Pode até parecer difícil, devido ao reforço na segurança investido pelas plataformas, mas o furto de milhas ocorre de forma semelhante a outros golpes vistos “na praça”. Dessa forma, a prática tem se tornado cada vez mais comum a cada ano que passa. Isso, claro, ocorre também em consideração à crescente do mercado que contou com um aumento no número de participantes de programas de fidelidades, principalmente durante a pandemia.

Pensando nisso, o Império das Milhas preparou neste post todas as informações que você deve se atentar para evitar cair em golpes e ser vítima do furto de milhas. Além de mostrar como se proteger, traremos as medidas a serem tomadas em casos de perda de seus pontos. Portanto, siga com o Império!

Tipos de furtos de milhas

É notório que o ambiente digital, por mais que envolto de códigos de rastreio, segurança e tecnologia de criptografia, tem sido utilizado como meio para golpistas. No entanto, os criminosos se aproveitam de algumas brechas — que, convenhamos, são mais de natureza humana do que tecnológica — para realizar furtos, dentre eles o de milhas.

Tendo em vista o crescente interesse dos brasileiros em viajar, causado por conta da retomada do turismo após o período de pandemia, os criminosos aproveitam. Assim, esses ataques de hackers utilizam inúmeros artifícios para acessar as contas de programas de fidelidade e se apropriar do seu saldo de milhas.

O método mais comum, no Brasil, é o disparo massivo de mensagens fraudulentas, ou phishing. Assim, os hackers levam os milheiros para páginas falsas, que simulam os sites de companhias aéreas e programas de fidelidade, para, então, obter suas milhas e negociá-las.

Outra ação comum pelos criminosos é a troca do e-mail e telefone cadastrados pelo milheiro em seus respectivos programas. Assim, fica mais difícil recuperar o acesso à conta. Contudo, existem outras formas de realizar o furto de milhas. Confira:

Formas de golpe 

  • Através de computadores infectados: essa versão do furto de milhas acontece quando os golpistas instalam vírus maliciosos em computadores de uso compartilhado. Dessa forma, locais estratégicos para milheiros, como salas vip, hotéis e aeroportos são os mais comuns de haver algum tipo de softwares maliciosos (malwares). Portanto, muito cuidado ao acessar contas e digitar senhas nessas máquinas.
  • Falso call center: sabe aquele número estranho que vive te ligando? Pois ele pode ser um falso funcionário do seu programa de fidelidade entrando em contato, como se fosse algo trivial. Mas, ao confirmar seus dados ou digitar a sua senha, você pode ter suas milhas furtadas por bandidos;
  • Repasse de dados: caso o milheiro repasse os seus dados do programa de fidelidade para outras pessoas ou agências emitirem reservas de passaporte, ele pode ter as mensagens (e os dados) interceptadas no meio do caminho.
  • Fraude interna: por último — e menos comum — são os casos de fraude interna. Esse golpe geralmente ocorre quando há uma quadrilha especializada no furto de milhas. Dessa forma, algum funcionário do programa de fidelidade colabora com os golpistas na alteração dos cadastros dos clientes.

Dicas do Império para evitar furto de milhas

Portanto, agora que conhecemos as artimanhas dos golpistas para furtar as milhas dos participantes de programas de fidelidade, vamos às dicas do Império. Assim,  confira os principais passos para se proteger e curtir a sua viagem com a paz e a tranquilidade de saber que seus pontos estão seguros.

  • Verifique o endereço da página na web antes de inserir informações como login e senha. Se a URL estiver errada não insira os seus dados no site;
  • Verifique a segurança dos sites através do ícone de bloqueio (um cadeado), à esquerda da URL;
  • Dessa forma, realize operações — como reservas e demais compras — apenas através de sites confiáveis;
  • Não clique em links suspeitos. Portanto, desconfie daqueles que surgem de fontes desconhecidas (via e-mail, aplicativo de mensagens ou redes sociais);
  • Procure sempre pelo site oficial, em caso de sorteios divulgados por e-mail ou redes sociais;
  • Escolha por ter uma senha única e exclusiva para seu programa de fidelidade;
  • Por fim, utilize ferramentas que façam a proteção em casos de spam e ataques de phishing.

O que fazer se sua conta foi invadida

Contudo, mesmo com toda a precaução tomada, nem sempre nós conseguimos nos livras dos golpes digitais. Portanto, em caso de furto de suas milhas, a primeira medida é entrar em contato com a companhia aérea ou o programa de fidelidade.

Estas plataformas possuem central de atendimento (por chat, e-mail, ou ligação) que podem te ajudar a resolver a situação. Assim, relate com detalhes os fatos ocorridos. Não se esqueça de anotar o protocolo de reclamação e acompanhar o processo até o fim.

Por fim, lembre-se: monitorar o seu saldo de forma frequente é uma das formas mais eficientes de se prevenir de furtos de milhas. Portanto, faça sempre uma consulta em sua carteira de pontos.

Aumente o seu saldo de milhas

Sabia que é possível negociar seus pontos e fazer renda extra de até R$3.000,00 por mês? Aprenda conosco a vender as suas milhas de forma prática e segura e comece a ganhar dinheiro. 

No curso Como Vender Milhas você terá acesso às melhores estratégias para comercializar pontos. Portanto, clique aqui e descubra o melhor método para ganhar dinheiro com milhas. 

Cristo Redentor: 5 Curiosidades sobre o monumento icônico Passeios em Paris: 5 opções imperdíveis Melhores praias de Maceió para conhecer em 2024 O que fazer em Maceió: melhores passeios e pontos turísticos