Porto de Galinhas: 10 dicas para planejar a sua viagem

Mais uma semana que se encerra. E para fechar com chave de ouro, mais um artigo do Império das Milhas com destinos nacionais para você marcar a sua próxima viagem. E nesta semana traremos o guia completo de Porto de Galinhas. O lugar já é bem conhecido e faz parte do roteiro de quem visita o Nordeste. Mas aqui você vai conhecer as principais dicas para planejar a sua viagem a Porto de Galinhas.

Como de costume, traremos as informações fundamentais para quem deseja conhecer o lugar. Assim, falaremos dos passeios e atrações disponíveis em Porto de Galinhas, contaremos um pouco da história local, além de mostrar as opções de hospedagem que você encontra por lá.

Portanto, pode ir consultando seu saldo de milhas e procurando na sua agenda o melhor dia para embarcar nessa viagem. Pois depois de ler nosso artigo e conhecer as maravilhas que Porto de Galinhas tem para te oferecer, tenho certeza que vontade de viajar não vai faltar. Então, aperte os cintos e vamos nessa!

Resumo do destino

Considerada uma das praias mais bonitas do Brasil, Porto de Galinhas está localizada no estado de Pernambuco. Para ser mais preciso, o lugar fica no município de Ipojuca, a pouco mais de 60 km de Recife. Portanto, de lá a viagem dura 1 hora, em dias de boas condições e com estrada livre. Mas quando há trânsito no caminho a jornada pode chegar até, no máximo, 2 horas.

Por conta da proximidade com a capital pernambucana, é claro que você não pode deixar de incluir Porto de Galinhas em seu roteiro de viagem. Sem falar que ao chegar lá a promessa é de encanto à primeira vista.

A praia de águas cristalinas e mornas formam piscinas naturais que você pode aproveitar e relaxar. Ou então mergulhar entre os corais e desbravar as diversas espécies marinhas que habitam a região. E se quiser ainda mais aventura, tem os passeios de buggy pelas areias da praia.

É na praia à beira da vila que se encontram os jangadeiros. São essas jangadas que te levam até as piscinas naturais, mar adentro. Mas a região tem outras praias belíssimas e oferece muitas opções de passeios e entretenimento.

A melhor época para ir

É claro que um lugar de belezas tão exuberantes e com toda uma estrutura de hotéis, resorts, restaurantes e demais serviços, pode ser visitada durante todo o ano. Mas, convenhamos que se falamos de praia, falamos de verão. Afinal de contas, esta é a combinação perfeita que todo viajante procura.

Dessa forma, o melhor período para visitar Porto de Galinhas é justamente entre outubro e fevereiro. Nessa época do ano é quando os dias são mais ensolarados, favorecendo os passeios e a transparência da água do mar. Contudo, este período marca a alta estação, o que implica em mais procura do turismo, maior lotação nos hotéis (e também nas praias) e, consequentemente, preços mais salgados.

Assim, contanto que evite a temporada de chuvas, que ocorre entre abril e agosto, você vai encontrar dias bonitos e muitas opções de passeios. Os intervalos entre a alta temporada e os períodos de chuva são propícios para você encontrar preços mais acessíveis, menos movimento nas praias e ainda curtir dias ensolarados.

Como chegar

Por conta de sua proximidade com a capital pernambucana (apenas 60 km), a melhor opção é desembarcar no Aeroporto do Recife. De lá, são inúmeras as opções viáveis e que cabem tranquilamente no seu bolso. Para se ter uma ideia, até o serviço de aplicativo de carros particulares — ou mesmo os táxis — saem bem em conta, e você não gasta mais do que R$100 reais para chegar a Porto de Galinhas.

De carro

Mas, se preferir, você pode alugar um carro em uma das locadoras presentes no aeroporto. Portanto, para quem optar por este meio, o trajeto que te leva até Porto de Galinhas começa pela  BR-101, onde se pega a PE-060 até Ipojuca. A partir de então, é preciso pegar a PE-038 até o município de Nossa Senhora do Ó. Por fim, entre na BR-009, que te leva até a vila de Porto de Galinhas.

No entanto, como as coisas na vila são feitas tranquilamente à pé, alugar um carro fica mais aconselhado a quem se hospedar longe do centro. Para quem vai se estabelecer pela vila, vale a pena pedir um táxi ou um carro de aplicativo, no aeroporto.

De ônibus

Já para quem escolher ir de ônibus pode pegar o serviço na porta do aeroporto. Basta sair da área de desembarque pela porta onde se localiza o escritório de informações turísticas. Assim, aguarde em um ponto de ônibus, localizado antes da entrada do estacionamento.

Existem duas linhas que te levam de Recife para Porto de Galinhas. As duas são operadas pela Vera Cruz. São elas:

  • Linha 191 — Este é praticamente um ônibus urbano normal. Até por isso, não conta com ar-condicionado e nem bagageiro. A passagem custa R$12.
  • Linha 195 — Possui ar-condicionado e bagageiro. A passagem custa R$18.

Transfer

Contudo, se você estiver em grupo numeroso, pode solicitar o serviço de transfer, também presente no Aeroporto de Recife. Afinal, acaba sendo uma forma rápida e confortável para chegar até o seu destino e sem falar que, dividindo entre os viajantes, o serviço sai bem em conta. Algumas empresas de turismo oferecem o serviço no aeroporto, e o valor fica entre R$100 e R$130.

10 dicas para planejar sua viagem a Porto de Galinhas

Portanto, agora que já conhecemos melhor Porto de Galinhas e já sabemos como chegar nesse paraíso de águas cristalinas, vamos ao que interessa. Como prometido, o Império das Milhas vai te dar o caminho das pedras. São dez dicas para você planejar a sua viagem a  Porto de Galinhas. Onde ficar, os melhores restaurantes, os passeios imperdíveis, e muito mais. Confira a nossa lista

1. Escolha bem onde ficar

Porto de Galinhas oferece opções para todos os gostos e bolsos, quando o assunto é hospedagem. Assim, o viajante pode escolher entre os resorts, com toda a sua estrutura — que são, praticamente, uma atração à parte —, ou buscar acomodações mais acessíveis em pousadas.

Dessa forma, estude bem as possibilidades e escolha a que melhor se adequa às suas condições e intenções. A princípio, pousadas e campings ficam na vila, onde se encontram também os restaurantes e as principais atrações de lazer.

Portanto, no centro da cidade você encontrará a Pousada Portomares. O estabelecimento possui um ambiente romântico e oferece várias comodidades para enriquecer a sua permanência em Porto de Galinhas. Além do mais, a localização é privilegiada, próxima dos principais passeios e atrações da região. As diárias ficam a partir de R$200.

No entanto, a maioria dos resorts luxuosos fica fora da vila. Logo, se você estiver de carro próprio, vale a pena buscar as estadias mais em conta, mesmo que afastadas do centro, e fazer o translado com seu veículo ou até mesmo de táxi.

Neste cenário, um dos resorts disponíveis é o Nannai, que fica localizado na praia de Muro Alto, a 9 km de Porto de Galinhas. O hotel é um dos mais conhecidos da região e oferece todo o luxo e comodidade aos seus hóspedes. Os bangalôs que acomodam os turistas possuem todo o conforto e contam ainda com piscinas individuais à beira da praia. O Nannai ainda tem um spa, assinado pela L’occitane. As diárias custam a partir de R$2.100.

2. Os restaurantes de Porto de Galinhas

Toda viagem que se preze é nutrida por boas experiências gastronômicas. Com Porto de Galinhas não é diferente. Para além dos passeios e das belezas naturais, o lugar é repleto de boas opções para você se deliciar com pratos típicos da região. Assim, como é praxe em nossos guias, traremos duas opções, para atender diferentes tipos de viajantes.

A primeira recomendação é o Barcaxeira. O lugar é extremamente conhecido por entre os turistas que frequentam Porto de Galinhas e não pode ficar de fora de sua visita. Como o nome sugere, o bar é especializado em macaxeira (também conhecido como aipim, ou mandioca).

O restaurante fica próximo da Praia da Vila e o melhor: a comida é boa e os preços são justos. Uma boa pedida são os bolinhos de macaxeira com carne de sol (R$14,90) e a moqueca de peixe (R$52).

Outra sugestão gastronômica é o Barraca, que fica localizado no coração da vila de Porto de Galinhas. Com o cardápio especializado em comida brasileira, os pratos vão de frutos do mar a carne de sol, baião de dois, além de petiscos e outras variedades. Além do sabor, a apresentação dos pratos é de encher os olhos. O cardápio tem opções entre R$20 e R$100.

3. Praia de Muro Alto

Agora entramos na parte dos passeios e, claro, começamos com as praias — principais atrativos de Porto de Galinhas. E a praia de Muro Alto é uma das mais famosas da região.  Ela fica um pouco mais afastada do centro, cerca de 9 km de distância. Portanto, se você está hospedado na vila, precisa de um táxi para chegar até o local.

Mas a viagem vale a pena, quando você chega na praia e se depara com as águas  mornas, rasas e cristalinas. Cercada pelos arrecifes, a praia não possui ondas ou fortes correntezas. Assim, a praia é ideal para quem está com crianças, pois as piscinas que se formam na beira do mar garantem a diversão com segurança.

4. Passeio de jangadas nas piscinas naturais

O mais tradicional passeio de Porto de Galinhas não pode ficar de fora do seu roteiro. Na Praia da Vila você encontra os jangadeiros que oferecem o traslado até as piscinas naturais, que ficam mar adentro.

Para usar o serviço você precisa comprar ingressos, que são vendidos no guichê da Associação de Jangadeiros de Porto de Galinhas. O preço custa, em média, R$40. No entanto, o passeio tem duração e você pode aproveitar por, aproximadamente, 40 minutos.

O trajeto de jangada dura cerca de dez minutos e você vai desfrutar de um visual incrível da região, na perspectiva do mar para o litoral. Chegando nas piscinas, você pode tomar um banho tranquilo nas águas calmas e transparentes. Aproveite para mergulhar, de preferência com equipamentos apropriados, e observar os vários peixinhos, caranguejos e outras espécies marinhas. 

5. Maracaípe

A praia de Maracaípe encontra-se a 3 km da vila de Porto de Galinhas. Até por isso, ela é menos movimentada que as demais, ou seja, perfeita para quem quer curtir o sossego. Suas areias finas e fofas são um espetáculo à parte e fazem a alegria da criançada. 

Mas é na água que a aventura acontece. Isso porque, diferentemente da maioria das praias de Porto de Galinhas — que possuem águas calmas por conta dos arrecifes —, Maracaípe é conhecida pelas ondas fortes. Inclusive, a praia é propícia para a prática de surf.

6. Passeio de buggy

Esse é um dos programas mais conhecidos pelas praias do Nordeste. E em Porto de Galinhas não é diferente. O passeio, chamado na região de “ponta a ponta”, te leva por diversas praias locais. Assim, além de ser um ótimo programa de lazer e aventura, é também um bom meio de se locomover e conhecer as praias de Porto de Galinhas.

Para contratar o serviço, basta agendar horário na Associação de Bugueiros de Porto de Galinhas. Assim, você terá a garantia de estar sendo conduzido por um motorista associado e de confiança. O passeio de 4h custa, em média, R$280,00, enquanto o roteiro de 6h custa cerca de R$330,00. Por fim, para passar o dia todo você irá desembolsar R$390,00.

7. Calçadão

Chamada de Calçadão, a rua é o principal acesso à vila de Porto de Galinhas. É nela que se concentram lojas, bares, restaurantes e agências turísticas. À noite, o lugar vira um “point”, bastante movimentado e com diversas atrações.

Portanto, é um bom passeio para curtir o anoitecer, seja experimentando as delícias gastronômicas do lugar, comprando as suas lembrancinhas ou somente para ouvir música e conhecer novas pessoas. Também vale a pena tirar uma foto com as galinhas talhadas em madeira que ficam por lá.

8. Praia de Cupe

A última praia de nossa lista é uma das que possui visual mais exuberante. O lugar não possui muita estrutura de bares e restaurantes, portanto é bom levar o seu lanchinho. Mas é este sossego que faz com que a praia tenha um charme único.

As piscinas naturais que se formam possuem águas calmas e tão transparentes que é possível observar os peixes. A praia é uma boa pedida para quem está com crianças, que podem brincar na areia ou no mar raso sem se preocupar.

9. Projeto Hippocampus

Este é um passeio que você definitivamente não pode deixar de fazer, quando for em Porto de Galinhas. O Projeto Hippocampus é uma ONG focada na preservação ambiental de cavalos-marinhos. Com mais de 100 mil filhotes de diferentes espécies. A visitação é guiada por especialistas que apresentam tudo sobre o animal. O passeio é sucesso não somente entre a criançada, mas para públicos de todas as idades.

Além de conhecer de perto os cavalos-marinhos, no fim você encontra uma lojinha, onde pode comprar itens para levar de lembrança.  Saiba mais sobre o projeto no site oficial.

10. Feira de Artesanato

E se você amou Porto de Galinhas e quer levar mais do que experiências incríveis e memórias inesquecíveis, o lugar certo é a Feira de Artesanato. Lá você encontra diversos itens expostos, feitos por artesãos locais. Portanto, o passeio é ideal para quem gosta de comprar lembrancinhas dos lugares por onde viaja.

Os preços são bem acessíveis, e durante a noite o local recebe mais público (já que durante o dia o movimento está nas praias) e fica bem movimentado. Mas não deixe de passar por lá e caminhar por entre as obras.Agora que chegamos ao fim do nosso tour pelas belezas de Porto de Galinhas, queremos ouvir a sua opinião. Deixa aqui o seu comentário, diz para gente quais lugares te encantaram e como foi a sua experiência! E para acompanhar outros roteiros de viagens, basta acessar o Império das Milhas.