Latam aceita participar do programa de passagens aéreas a R$200, diz ministro

avião da Latam decolando - Passagens aéreas, 200 -

Em evento que aconteceu ontem (16/03) no Rio de Janeiro, o ministro Márcio França afirmou que a companhia aérea Latam se juntou a Gol e Azul e aceitou participar do programa “Voa, Brasil”. Dessa forma, as três principais companhias aéreas do Brasil demonstram interesse em programa de passagens a R$200. Saiba mais detalhes no Império das Milhas!

Latam aceita participar do programa “Voa, Brasil”, segundo ministro

Ontem (16/03) em um evento no Rio de Janeiro, o Ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, afirmou que a Latam se interessou em participar do programa “Voa, Brasil”. Assim, a companhia aérea se junta a Gol e Azul no projeto apresentado pelo atual governo.

Segundo o site “O Globo”, o ministro disse que a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) irá coordenar um grupo de trabalho com as empresas aéreas e as entidades do setor para definir futuras regras para o programa. E também deu uma previsão para quando o projeto terá um desenho final:

“Acho que daqui até julho a gente vai ter isso formatado. É claro que isso só passa a ser um programa na hora que ele estiver montado.”

Latam aceita participar de programa de passagens a R$200

Ainda de acordo com o site, o ministro apresentou alguns dos próximos passos para a construção do programa, sugerindo uma segunda etapa onde as concessionárias de aeroportos terão uma participação com possíveis reduções de taxas.

“Há uma segunda etapa. Não tem muito sentido os aeroportos que são concessionários não nos ajudarem nisso. A gente quer que eles ajudem. Então vamos também conversar com eles para que eles possam eventualmente nos ajudar, reduzindo o valor da taxa, eventualmente dando um pedaço da taxa do embarque para que as pessoas consumam em refeição no aeroporto. Esse público não está viajando faz cinco anos. Se eu vou tentar atraí-lo para essa viagem, o concessionário também vai ganhar”

Márcio França, Ministro de portos e Aeroportos

França também afirmou, mais uma vez, que o programa “Voa, Brasil” não terá subsídio do governo. As companhias aéreas apresentaram uma proposta para trabalhar com o público que possui renda mensal fixa, como servidores públicos de todos os níveis, aposentados ou pensionistas e estudantes que possuem algum vínculo com o Fies (programa de financiamento estudantil).

Entenda sobre o programa “Voa, Brasil”

Nesta semana, o atual Ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, anunciou que o Governo Lula está preparando um programa de venda de passagens aéreas por R$200. O anúncio pegou muitas pessoas de surpresa, inclusive o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que advertiu o ministro por ter antecipado o lançamento do projeto.

De início, o programa “Voa, Brasil” pretende ocupar lugares vagos nos aviões vendendo passagens por um preço mais baixo para aposentados, servidores públicos e estudantes.

“O que estamos buscando é comprar a ociosidade dos espaços. As companhias brasileiras chegam na faixa de 30 milhões de passageiros, cada uma delas, operando com 78% a 80% de vagas ocupadas. Outras 20% saem vazias. Eu quero essas vagas para as pessoas que não voam.”

Márcio França, Ministro de Portos e Aeroportos

Vale lembrar, que o governo não pretende subsidiar as passagens e sim fazer um acordo com as companhias aéreas para a venda dos espaços excedentes, com intermediação do governo do presidente Lula. As companhias Gol e Azul aceitaram participar do projeto, assim como a Latam (como citamos acima).

O que você achou da novidade? Compartilhe conosco nos comentários.

Programe sua viagem com o Império das Passagens

Aqui no Império das Milhas você fica por dentro de todas as novidades do mundo das milhas e no Império das Passagens você encontra diversas ofertas de bilhetes aéreos com um atendimento de qualidade e profissionais capacitados para atender a sua necessidade.

Não perca mais tempo, faça a sua consulta em nosso site e agende o seu pacote de viagens com a Império das Passagens.

5 melhores lugares para ver o pôr do sol EUA deixarão de exigir vacina contra Covid para visitantes Você sabia que paga uma tarifa pela gasolina de avião? C6 aumenta spread dos cartões para compras internacionais