Como realizar venda de milhas durante a quarentena

Venda de milhas
Entenda o que pode acontecer com a venda de milhas durante a quarentena

Durante esse período de crise na saúde mundial o setor de turismo tem sido fortemente afetado, principalmente as companhias aéreas. Como já falamos aqui no blog, diversas empresas estão flexibilizando as suas políticas de alteração e cancelamento e estendendo validade de pontos e categorias. Entretanto, muitas pessoas optaram pela venda de milhas.

Era esperado que com toda essa situação, as empresas que realizam a compra de milhas também fizessem algumas mudanças em seu protocolo. Porém, essas alterações têm gerado atrasos no recebimento de pagamentos e deixado muita gente de cabelo em pé. Então, se você faz parte desse grupo, fica calmo! No post de hoje o Imperador das Milhas e seu advogado explicam o que fazer nessa condição.

Como acontece a venda de milhas?

Se você chegou até aqui e não sabe como é feita a venda de milhas a gente vai explicar, rapidinho. Existem duas maneiras de realizar esse tipo de transação: direta ou indiretamente. No primeiro caso, você, por conta própria, capta clientes interessados em comprar passagens mais baratas e faz toda a negociação desde o preço a emissão dos bilhetes. Com a venda direta você combina com o seu cliente a forma e condições de pagamento. 

Entretanto, se você não quer ter esse trabalho pode optar pela venda indireta. Nesses casos a transação é realizada por meio de uma empresa e você só precisa fazer o seu cadastro na plataforma e informar o valor pelo qual deseja repassar as milhas. A propósito, para esse tipo de operação sempre indicamos a Max Milhas. Assim, diferente do que acontece na primeira situação, aqui os prazos e formas de pagamento são estabelecidos pelo intermediado e, consequentemente, podem mudar. 

Só para exemplificar o prazo de pagamento da venda de milhas no site Max Milhas era de 20 dias. Entretanto, por conta da pandemia a empresa resolveu estender esse período limite para 33 dias corridos contados após a emissão dos bilhetes. Teoricamente, isso não é um problema. Entretanto, algumas plataformas têm estourado esse período e oferecido acordos de parcelamento dos valores. 

Quais atitudes tomar quando o pagamento demora mais do que o esperado?

Esse é um assunto sério e em alguns casos deve ser tratado judicialmente. Sendo assim, o Imperador das Milhas e o especialista em direito, o advogado Geraldo Pompa, contam quais são as possibilidades de resolução. Então, dá o play! Com certeza você vai encontrar respostas para a sua dúvida! 

Então, dúvidas esclarecidas? Por mais que essa seja uma situação chata, fique tranquilo pois, o seu pagamento será realizado. Vale lembrar que, diante das medidas legais que amparam o fornecedor durante o estado de calamidade, o ideal é que você aceite os acordos oferecidos pela empresa. 

Ahh, temos certeza que tem uma galera com essa mesma dúvida. Então, compartilhe este post nas redes sociais e ajude os seus amigos. Até mais!