Priority Pass: descubra como ter acesso a salas vip

Priority Pass
Priority Pass: tudo sobre o programa

Atire a primeira pedra quem nunca ficou horas dentro de um aeroporto esperando o próximo voo. Essa situação é muito comum entre os viajantes. E nesses casos tudo o que a gente quer é um lugar para poder descansar, comer e se distrair enquanto aguardamos para embarcar novamente. O Priority Pass tem salas vip que oferecem tudo isso. 

Não sabe o que é Priority Pass? Então venha com a gente! Neste post vamos apresentar o programa, como ele funciona, quais são os benefícios oferecidos, o custo e se vale a pena ou não. Ah, você também vai encontrar algumas dicas de como ter acesso a esses espaços sem pagar nada! 

Afinal, o que é Priority Pass? 

Se você frequenta aeroportos dentro e fora do Brasil com certeza já viu lounges que oferecem diversas comodidades. Esses ambientes são as famosas salas vip em que os viajantes podem esperar pelo próximo voo e, enquanto aguardam, tem à sua disposição comidas e bebidas, dormitório, sala de reuniões, diversos entretenimentos e por aí vai. 

Assim, o Priority Pass é um programa que permite que os viajantes tenham acesso a esses espaços em todo o mundo. Para se ter uma ideia a empresa conta com 1.300 salas vip em 600 cidades de 148 países. Ou seja, o que não faltam são oportunidades para aproveitar os benefícios do clube. 

Para ter acesso ao Priority Pass é necessário fazer o cadastro no site e escolher uma das assinaturas disponíveis. A partir daí sempre que você chegar em um aeroporto, que tenha uma sala do programa, basta apresentar o seu cartão de membro e desfrutar de todas as comodidades que esses espaços oferecem, independentemente da companhia aérea e classe do seu voo. 

Quais são os benefícios do programa? 

Só o fato de poder esperar o voo em um ambiente com conforto já é um grande benefício. Contudo, os membros do Priority Pass contam com outras vantagens, como por exemplo, desconto em lojas, restaurantes e spas nos aeroportos em que o programa está presente. Assim, para ter acesso a essas ofertas basta acessar o aplicativo e resgatar as recompensas. 

Onde encontrar salas vip Priority Pass no Brasil? 

Aqui no Brasil os membros do Priority Pass têm acesso a salas vip em todas as regiões do país. Alguns desses espaços pertencem a outras empresas. Por este motivo, fizemos uma lista com todas as salas que os participantes do programa podem acessar no território nacional, confira. 

  • São Paulo – Guarulhos: Villa GRU, Tryp GRU, Star Alliance Lounge, GOL Premium doméstico e GOL Premium internacional;
  • São Paulo – Congonhas: Advantage VIP;
  • Rio de Janeiro – Galeão: Plaza Premium International, Plaza Premium doméstico e Plaza Premium saguão, GOL Premium doméstico e GOL Premium internacional;
  • Rio de Janeiro – Santos Dumont: Advantage VIP;
  • Belo Horizonte – Confins: Ambaar doméstico e internacional;
  • Brasília: Vip Club Internacional e doméstico, Vip Club Express Sul e Norte; 
  • Curitiba: Break Travel e Advantage VIP;
  • Florianópolis: The Lounge;
  • Foz do Iguaçu: Advantage Vip Lounge;
  • Londrina: W Lounge Londrina;
  • Campinas: Azul Lounge; 
  • Recife: Proair e VIP Luck;
  • Manaus: Harmony Lounge; 
  • Belém: Valverde. 

Vale lembrar que, além das salas vip do Brasil, os clientes do programa têm créditos no restaurante parceiro Bleriot Bar & Lounge no aeroporto de Guarulhos e lounges espalhados na América do Norte, Europa, Ásia, África e Caribe. Para conhecer todos os espaços disponíveis, basta acessar o site do Priority Pass.  

Continue aprendendo sobre salas vip: 

Quanto custa? 

É claro que todos esses benefícios oferecidos pelo Priority Pass tem um custo. O programa trabalha com três planos diferentes que custam entre US$ 99,00 e US$ 499,00 por ano. Isso mesmo, você não entendeu errado. O valor é cobrado em dólares. Confira a seguir o que cada um deles oferecem. 

Standard

Esse é o plano mais básico oferecido pelo programa e é indicado para viajantes ocasionais. O Standard custa US$ 99,00 por ano, mas não dá direito a acesso gratuito em nenhum lounge. Ou seja, para visitar uma das salas Priority Pass é necessário ainda pagar uma taxa de US$ 32,00 por membro e convidado. 

Standard Plus

O segundo plano do programa custa US$ 299,00 e é para aquelas pessoas que viajam com uma certa regularidade. Com ele os assinantes têm direito a 10 visitas gratuitas a qualquer sala Priority Pass. A partir do 11º acesso já é cobrado do membro a taxa de US$ 32,00. Em todos os casos os acompanhantes devem pagar.

Prestige

Esse é o plano para quem está sempre viajando e por isso utiliza esse tipo de serviço com maior frequência. Assim, os membros Prestige têm acesso gratuito ilimitado a qualquer uma das salas vip Priority Pass por US$ 499,00 ao ano. Entretanto, é cobrada a taxa de US$ 32,00 por acompanhante em cada visita. 

Planos do Priority Pass
Planos do Priority Pass

Existe outras formas de ter acesso as salas Priority Pass? 

Talvez você esteja espantado com o valor da assinatura do Priority Pass. E não é para menos, com o dólar a mais de R$ 5,00 o custo dos planos fica bem salgado. Mas, para a nossa felicidade essa não é a única forma de acessar as salas vip do programa. É possível ter acesso a esses espaços por meio de cartões de crédito. 

Até o momento apenas a Porto Seguro oferece um cartão de crédito que tem acesso a salas vip Priority Pass. Entretanto, o Porto Seguro Visa Infinite é um cartão que está disponível apenas para clientes selecionados, ou seja, convidados. Com ele os usuários têm 10 visitas gratuitas aos lounges do programa. A anuidade do plástico é bem salgada, R$1.500,00. 

Contudo, se consideramos que o plano Standard Plus, que oferece 10 visitas gratuitas e custa R$ 1.601,53 — cotação do dia 17/11/2020 —, chegamos à conclusão de que é mais vantagem tentar o cartão de crédito. Afinal, além de acesso as salas Priority Pass os usuários têm outros benefícios como programa de recompensas, seguros de viagem, proteção de compra e até mesmo visitas aos espaços LoungeKey. 

Vale a pena pagar o Priority Pass? 

Depende. Aqui é importante fazer uma avaliação com base em alguns fatores como por exemplo, a quantidade de viagens que você realiza durante o ano, a real necessidade de utilizar uma sala vip durante a semana e principalmente se você está disposto a desembolsar o valor cobrado por cada plano. 

Vamos combinar que com a alta do dólar ter uma assinatura como essa é um baita luxo. Mas, por outro lado, pagar US$ 99,00 — menor valor — e não poder visitar nenhuma sala gratuitamente não vale a pena. Assim, é bem melhor tentar conseguir o Porto Seguro Visa Infinite para ter acesso ao Priority Pass com ele.

Ou então, pagar individualmente por cada visita se você precisar e desejar. Por fim, vale lembrar que existem outras salas vip que é possível ter acesso gratuitamente. Um bom exemplo são os espaços LoungeKey, dá para frequentar os lounges do grupo com vários cartões de crédito ou se tornando membro de elite das companhias aéreas.

O Priority Pass oferece uma experiência dentro das suas viagens. Neste post você descobriu que o programa oferece aos seus clientes alguns benefícios para tornar a espera no aeroporto um momento de lazer. Também analisamos as formas de ter acesso a essas salas e se realmente vale a pena. 

E se você curtiu este post e quer continuar aprendendo sobre salas vip, programas de fidelidade, cartões de crédito e muito mais, então conheça a Bíblia das Milhas e Pontos.  Neste e-book reunimos tudo que você precisa saber sobre esse universo. Clique no banner e descubra!